Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

fsorf9rj

Members
  • Content count

    275
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

1578 Excellent

1 Follower

About fsorf9rj

  • Birthday 06/11/1991

Location

  • Location
    Rio de Janeiro/ Silva Jardim

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Calor forte previsto para a França. Hoje o dia já está sendo bem quente. Orthez, no Sudoeste do país chegou a 37,9º, batendo recorde anterior para Setembro que era 37,5º. Em Paris - Saint Germain Des Prés - a temperatura foi a 33,8º. Última vez que a temperatura bateu 34º em Setembro na capital francesa foi em 1911 (35,6º)! O Instituto Météo France prevê temperaturas altas, mesmo durante a noite, variando entre 27 e 34º, sendo que os próximos dias podem registrar recordes mensais, o que já ocorreu em algumas estações no dia de hoje. Calor deve persistir, pelo menos até quarta-feira.
  2. Assustadoras essas temperaturas em Cuiabá e em outras partes do Centro-oeste/Sudeste. O problema não é o calor, a temperatura de 40 graus, isso ocorre com frequência. O problema são os dias sucessivos dessa forma, com o agravante das queimadas. Há quantos dias faz em torno de 40 graus ou mais na região? Já perdi a conta. Isso deixa de ser um problema apenas climático e passa a ser um problema ambiental e sanitário grave. Não deve estar sendo nada fácil a vida das populações desses locais. Isso mostra como estamos passando por um momento de crise extrema no clima. Estamos tendo invernos cada vez mais fracos no Brasil, eventos extremos de chuva (esse ano foi em Janeiro em MG, depois no ES), o Sul vem experimentando eventos extremos com frequência. É preciso ficarmos atentos, mais do que nunca. Nosso Pantanal tá sendo massacrado gente. Não tenho os dados pra saber se o tão alardeado 12% que a mídia e muita gente fala foi realmente perdido mas não importa. Que tenha sido 1%, é preocupante. São cenas absurdas, assim como foram na Amazônia ano passado. É chocante.
  3. É bem complicado. Esse ano e no início do outro inclusive teremos uma situação atípica no Brasil, com jogos de altíssimo nível no final de dezembro e início de janeiro, por conta da pandemia. Isso acontecia no passado, hoje não mais. As principais competições terminam na primeira semana de dezembro e os estaduais voltam, em geral, do meio pro final de Janeiro. Ainda pegam uma parte do auge do período mais quente do Brasil mas são jogos de nível mais baixo. Dessa vez não. Experimentaremos ver o final da temporada do futebol brasileiro no auge do verão, com jogos importantíssimos no período. A final da Libertadores, por exemplo, pré marcada para o Rio de Janeiro, acontecerá, a princípio, em Janeiro. Se for a noite, ok, até rola com certa tranquilidade mas a tarde complica. Pouco tem se falado nisso. Não é a toa que o calendário brasileiro no futebol é diferente. É necessário, dado o calor que fazer em bandas tupiniquins entre Janeiro e Fevereiro. Nosso principal campeonato não pode rolar nesse período. E com os anos cada vez mais quentes isso só tende a piorar.
  4. A situação no Centro-oeste anda tão tensa que mesmo pela TV percebe-se a fumaça na Arena Pantanal, onde estão se enfrentando nesse momento Cuiabá e Figueirense, pela série B do Campeonato Brasileiro, sob um calor de 31º.
  5. Estou vendo aqui, pelo Aeroporto Internacional de Denver: saíram de 33º as 14 horas (hora local) de ontem para 0,6º, com neve moderada, na leitura de hoje as 09:00. Negócio de maluco. Confesso que é a primeira vez que vejo algo do tipo. Dia tórrido e em menos de 24 horas neve. É comum isso em algumas áreas ou é um episódio esporádico?
  6. Os dias aqui no Rio têm sido chatos demais. Calor sem fim, nada extremo mas chama atenção pela sequência de dias. Só sexta mesmo que foi bem bizarro. Os demais dias até que tiveram temperaturas quentes mas sem excesso. Agora aqui no Centro faz 26 graus mas a sensação de abafamento é grande. Os dias de calor, em sequência, acabam dando mais ainda a impressão de abafamento, pelo menos pra mim. Junto a isso vem a falta de chuva. Já não chove há alguns dias e devemos permanecer assim pelos próximos 10 dias, com uma pequena possibilidade de chuva amanhã mas fraquíssima.
  7. 7 horas da manhã e já temos 27º no Centro do RJ. Máxima deve ficar por volta de 36º. Dia tórrido pela frente.
  8. Final de semana de verão aqui em Vila Isabel no RJ. Ontem e hoje com muito calor e umidade baixa. Ontem registrei máxima de 33 graus. Hoje já passamos disso, tenho 35º, e pela medição do Alerta Rio, na estação mais próxima, em São Cristóvão, a umidade está em apenas 25%. Pela posição do sol na janela de casa, meu termômetro acabou ficando exposto na luz solar e ele acabou apagando. Quando retorneu voltou com a temperatura de 56º. Isso dá a dimensão do calor. Isso apenas uma semana depois da tarde mais fria do ano. Abriu-se a panela de pressão. Foi bom enquanto durou o baixo verão.
  9. Quem diz que não faz frio no Rio nunca passou pela Avenida Presidente Vargas e eu posso provar... Brincadeira a parte o ar gelado ainda dá as caras por aqui. Hoje observei máxima de 23º pela maior parte da cidade mas com aquele ventinho gelado que já pede uma blusa de manga comprida, pelo menos no Centro da cidade. Agora no fim da tarde senti mais frio que ontem no mesmo horário, já estava 20º por lá. Agora aqui na zona norte tenho 19º, boa temperatura pro horário. Essa madrugada já foi bem gelada. A próxima deve ser no mesmo tom ainda.
  10. Início de madrugada com 16º na zona norte do RJ. Abaixo deixo a variação de temperatura deste sábado, 22/08/2020, com os dados disponíveis: INMET: Vila Militar: 15,7 - 19 Jacarepaguá: 14,9 - 18,7 Copacabana: 15,7 - 19 PWSs: Praça da Bandeira: 17,5 - 20,5 Lagoa: 18 - 15,2 Leblon: 15,9 - 18,3 Pedra Bonita (São Conrado): 11,9 - 14,6 Barra da Tijuca (Rio2): 17,3 - 21,2 Pedra Branca Fazenda Passaredo: 14,9 - 18,5 Helicentro Guaratiba: 14,4 - 17,9 Aerodromo Armando Nogueira: 15,9 - 18,9 Alerta Rio: Irajá: 15,3 - 18,1 Jardim Botânico: 15,2 - 18,8 Barra da Tijuca (RioCentro): 16,2 - 19,1 Guaratiba: 14,7 - 19 Santa Cruz: 15,4 - 18,7 Alto da Boa Vista: 13,2 - 16,2 São Cristovão: 15,7 - 19,6 Dois pontos: 1- Essa estação da Barra no Rio2 sempre apresenta temperaturas acima do resto da cidade. Creio que por ser dentro de um condomínio ela possa estar em local fechado e por isso apresente temperaturas um pouco maiores; 2- Por volta das 2 da tarde houve um aquecimento em boa parte da cidade. A maioria dessas máximas foram registradas por volta desse horário. Antes e depois a temperatura estava até 2º mais baixas.
  11. Hoje tá sendo um dia de bom frio mas nada histórico. Deixo a tela que printei do dia 04/08/2019, onde fez mais frio diurno. Devemos levar em consideração que estamos no final do mês e essa do ano passado foi no início, por exemplo. Mas dias como hoje costumam acontecer todos os anos, até mais de uma vez. Temperatura diurna de 17º na maior parte dos bairros é o limite do "normal" pra mim por aqui. Abaixo disso sim, começa a ser diferente. Claro, tem locais mais frios e outros mais quentes. Temos tardes assim, não muito raro, até em setembro mas o comum é ocorrer do final de Maio e até o início de Agosto. Então, tá dentro do normal creio eu. Isso mostra como o inverno foi fraco depois um primeiro semestre bem bom. Um dia normal tá sendo o evento mais marcante do ano. 2013 até hoje, dos que vivenciei tendo noção das coisas é inesquecível. Meu termômetro marcava 13º em Vila Isabel durante a tarde. Mas foi em julho.
  12. Aqui no RJ eu saí de Vila Isabel ao meio dia com 17º e agora estou aqui no Pau da Fome, na Taquara, ao lado da PWS da Pedra Branca, que no momento registra 16,5º. A região é de mata, já dentro do parque da Pedra Branca, um dos locais mais frios da cidade do RJ. Tarde fria, a mais fria do ano, mas ainda mais fraca do que o evento de agosto do ano passado. Dentro do que foi previsto pelos modelos. A noite quem sabe caia um pouco mas não muito, pela nebulosidade que deve persistir por um tempo ainda.
  13. Habemus nix rsrs Enquanto a neve chega mesmo que fraca, a Curitiba, aqui em Vila Isabel tenho 18°, chovendo moderadamente desde o fim da tarde e há uns 15 minutos começou uma ventania bem forte. Nada de outro mundo mas muito bom depois de um inverno terrível. Mas ainda no aguardo de amanhã. To achando que não teremos nada de muito significativo, apenas a menor máxima do ano, que pelo que temos visto não é algo muito difícil né? Vale ressaltar a chuva que já cai e a que está prevista de cair, que pode ser boa, depois de um período seco. Além disso, como já informado pelos colegas, pelos próximos dias teremos temperaturas frescas durante o dia e com um friozinho que nas madrugadas, este sim, pode surpreender em algum dia. É pra fechar o inverno penso eu. Daqui pra frente é tendência natural de aquecimento até o verão.
  14. https://www.sensacionalista.com.br/2020/08/21/bonecos-de-neve-do-sul-sao-razao-por-que-brasil-nao-tem-neve-diz-deus/ Só pra descontrair... Aqui no Centro do RJ segue 20º, todo mundo encasacado, dia típico de inverno carioca, aos 45 do segundo tempo mas tá valendo.
  15. Mal falei de esperança de máxima sub20 e a temperatura já passou disso em praticamente toda a cidade do Rio, com exceção do Alto da Boa Vista. Resta o dia de amanhã, apesar de a temperatura ter tendência de queda a partir da tarde de hoje.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.