Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Flavio Feltrim

Members
  • Content count

    549
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Flavio Feltrim last won the day on April 24

Flavio Feltrim had the most liked content!

Community Reputation

22 Excellent

About Flavio Feltrim

  • Birthday 10/16/1980
  1. Concordo e digo mais: mal começou o OUTONO e tem gente já decretando o fim do inverno! Haja paciência...
  2. Falando em ventos zonais... embora tenha ocorrido um aumento significativo da TSM do Pacífico devido a uma onda Kelvin dias atrás, a situação atual e prevista para os próximos dias mostra que a TSM vai dar uma estacionada no patamar neutro, ficando estável por enquanto.
  3. Apesar da proximidade, as duas apresentam características bem distintas que permitem a Londrina ser um pouco mais fria: a altitude média da região de Londrina é um pouco mais elevada que em Maringá; a posição mais a leste permite um contato maior de Londrina com a circulação marítima e com as massas polares que estacionam no oceano. Fora isso, o contexto local onde a estação está instalada também é fundamental. Maringá se destaca no frio durante a entrada das altas polares, apresentando mínimas mais baixas que Londrina no início das ondas de frio...
  4. É uma área de transição com características mistas (entre os climas 2 e 3), mas por um erro ficou de fora da legenda. Uma é na região de Caicó-RN e a outra na região de Belém de São Francisco-PE. Classificar o clima é algo muito complexo, quanto mais "zoom" você dá em uma área, novas características aparecem e alteram a classificação...
  5. Sobre os caminhos que as massas de ar percorrem na América do Sul:
  6. Não totalmente, mas percebe-se que muitos elementos parecem desprezados na rodagem (ou foi apenas um erro grotesco de plotagem do mapa)! O importante é ver todas as saídas que tem sido publicadas pra ver se o cenário se mantem... agora, se a cada saída muda bastante demonstra instabilidade e portanto pouca confiabilidade. E como o Mafili sempre nos lembra, em breve entramos no equinócio e a confiabilidade ficará mais reduzida!
  7. Essa saída do CFS é tão bizarra que a quantidade de gelo fica inalterada entre fevereiro e maio... algo que impacta significativamente na dinâmica da temperatura dos oceanos é desprezado no modelo! Curiosamente, mostra o sea ice no mínimo do polo sul em fevereiro e nada de sea ice no polo norte, que está em seu máximo!
  8. Aposto numa "neutralidade Niña" baseado em outros fatores que acompanho, nenhum relacionado a modelos... assim como me preocupa muito esse excesso de chuvas em várias parte do Brasil, que em breve poderá se reverter num fevereiro oposto (quente e seco).
  9. Nossa temporada de "furacões" começou cedo... fortes emoções até abril!
  10. ENSO sozinho não vai ditar regras enquanto isso estiver ocorrendo no Atlântico por essas paragens...
  11. Efeito do calor. :mosking: Notícia verídica, porem sem maiores problemas: Tremores de terra atingem cidades do Paraná Tremores foram registrados pelo Centro de Sismologia da USP em Rio Branco do Sul e São Jerônimo da Serra. Nenhum atendimento foi registrado entre a noite de domingo (17) e a madrugada desta segunda, conforme o Corpo de Bombeiros. https://glo.bo/2x7EIsI
  12. EXATAMENTE! Não por acaso, anos de La Niña tendem a ser mais propícios aos furacões no Atlântico norte...
  13. Incrível o resfriamento dos últimos 7 dias na TSM do Atlântico Norte nas áreas onde os furacões passaram! Natureza sábia fazendo bom uso dos recursos que tem para equilibrar a energia!
  14. Exatamente! Isso preocupa bastante... e quanto mais quente e demorado, pior o choque!
×