Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Vinicius Lucyrio

Administrators
  • Content count

    4096
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    16

Vinicius Lucyrio last won the day on July 27 2019

Vinicius Lucyrio had the most liked content!

Community Reputation

3258 Excellent

About Vinicius Lucyrio

  • Birthday 05/15/1992

Location

  • Location
    Itajubá-MG e Matão-SP

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. REITERANDO, JÁ QUE ALGUNS PASSARAM RETO.
  2. Pessoal, já passando a empolgação com a onda de frio, peço a todos os bazianos: NÃO USEM O BAZ COMO BATE-PAPO OU REDE SOCIAL PRÓPRIA. PREZEM POR INFORMAÇÃO COM BASE E DE QUALIDADE. Leiam as regras e evitem ficar sem acesso ao fórum:
  3. Onda de frio surpreendente em muitos aspectos, e no geral está me agradando bastante (mesmo sem a possibilidade de geada por aqui :c ). Hoje o ar frio ultrapassou a linha do equador e fez a temperatura cair até em Manaus. São Gabriel da Cachoeira-AM (-0,12°) teve 21,0°C hoje às 12UTC, contra 24,6°C de ontem e 24,0°C dos 3 dias anteriores no mesmo horário. Manaus registrou na convencional 23,0°C hoje as 12UTC, após ter tido mínima de 28,6°C no dia de ontem. No campo de vento em 925hPa é possível observar a chegada de ventos de quadrante Sul até o oeste da Venezuela e extremo sul de Roraima: Nos próximos dias a alta polar tende a se afastar para o oceano, mas ainda deve causar efeitos diretos ao longo da próxima semana em grande parte do Sudeste, Sul e Centro-Oeste. Deve haver uma advecção intensa de ar seco que já deve impactar nas mínimas de segunda-feira, e até quinta-feira causará marcas até bem baixas mesmo no leste do Mato Grosso, sudeste do Tocantins e interior da Bahia. Minas Gerais, leste e norte de SP também devem ter mínimas baixas.
  4. Entre terça e quarta-feira espero trazer o meu parecer quanto à onda de frio.
  5. Olá amigo Vinicius, como tem passado ? Quando em alguns posts fala em "minha orientadora" me vem à ideia de algum trabalho cientifico. Parece bastante ocupado ! Gostaria de saber do amigo o que fiz ou tenho feito para receber advertência e dessa forma não cometer deslizes que possam prejudicar o bom trabalho desenvolvido pelo BAZ. Grato pela atenção e Boa Noite !

    1. Vinicius Lucyrio

      Vinicius Lucyrio

      Olá Peregrine, estou bem e você?

       

      Sim, ando bastante ocupado com o 3º ano do curso de meteorologia, o fim de um ciclo de iniciação científica, o início de outro e pesquisas por fora, sob orientaçao de uma das maiores referências na área no Brasil. Desculpe por parecer arrogante algumas vezes.

       

      Bom, você deve ter lido as novas regras do BAZ, e estamos passando um filtro nas mensagens para melhorarmos a qualidade das informações aqui postadas, isso depois de muita discussão entre os membros da equipe e muitos pedidos por parte de outros usuários. Estamos enfrentando um flood de mensagens que em nada agregam no espaço há vários meses, e isso tem afastado pessoas realmente interessadas. E te falo por mim: é cansativo lidar com isso, ter "bate-papo" em meio a mensagens interessantes de quem realmente quer contribuir. Infelizmente, alguns dos seus posts caem na malha fina e são desaprovados. A insistência leva à advertência, e advertências cumulativas geram suspensão, por isso peço que se atente a isso se quiser continuar conosco.

       

      Prezamos por posts informativos e com base, não podemos dar espaço para teorias com pouco ou nenhum fundamento, espero que entenda.

       

      Abraço!

    2. Peregrine

      Peregrine

      Mais uma vez agradeço sua atenção. Sempre procuro enviar posts baseados em estudos científicos. O amigo é testemunho e quando me cobrou fundamento no que eu postava tive o cuidado de enviar as fontes. Jamais tive a ousadia de lançar teoria, quando em Junho fiz a "previsão' de inverno tardio, me baseava em estudo de diversos climatologistas, ou melhor, sites de Climatologia. Basta o amigo pesquisar no Google "frio tardio no Brasil 2020" que entenderá o que falo. Quanto ao fato de o Amigo cursar o 3 ano de Meteorologia me surpreende. Achei que já estivesse cursando Mestrado ou mesmo Doutorado até por conta das analises técnicas precisas proferidas em algumas postagens. Quando insisto com os amigos do BAZ para que possam conhecer um pouco sobre a dinâmica das Ondas de Rossby  é  simplesmente pelo fato de considerar o movimento dessas Ondas como algo Fantástico no Clima do nosso Planeta. Saudações desse humilde Seguidor !    

  6. Pessoal, boa tarde! Gostaria de reforçar o lembrete para que TODOS leiam as regras do BAZ para não serem pegos de surpresa:
  7. Vinicius Lucyrio

    Recordes históricos de frio no Brasil

    Procede. Houve uma forte onda de frio entre os dias 26 e 29 de junho, com pico em 28/06. No estado de SP a geada foi a mais forte, ampla e danosa para a agricultura desde as geadas ocorridas em julho de 2000. Mas vale ressaltar que a estação automática de Sorocaba fica na verdade no município de Iperó, na Fazenda Ipanema, onde antigamente também havia uma estação convencional do INMET.
  8. O ASPS próximo da costa do Chile antecipa entradas de ar frio na América do Sul, uma vez que ele interage com sistemas de baixa pressão a leste, por vezes no Atlântico. Não necessariamente estas erupções são amplas. Uma massa de ar frio é apontada pelo modelo ECMWF na rodada das 00Z a partir de 192h, atingindo a região Sul e provocando instabilidades em parte de SP e sul de MG.
  9. Tempo muito seco em Matão há dias. A umidade relativa do ar tem ficado abaixo dos 20% em todas as tardes desde o início do mês. Por conta do ar seco, grande amplitude térmica tem sido registrada com frio de madrugada e temperaturas mais altas a tarde, mas não dá pra dizer que está fazendo calor. Desde o dia 01/08 aqui: 01/08: 11,2°C/27,6°C 02/08: 7,6°C/27,6°C 03/08: 8,2°C/27,0°C 04/08: 7,1°C/27,5°C 05/08: 7,2°C/27,9°C Hoje a mínima foi de 6,7°C, e a máxima deve ultrapassar os 28°C. A expectativa é de que o ASAS deve se afastar um pouco nos próximos dias. A próxima madrugada ainda será gelada em grande parte do Sudeste e boa parte da região Sul (que "sudestizou" rsrs). Com o afastamento gradual do ASAS, o ar quente ganha força e se expande por boa parte do Centro-Oeste e também em São Paulo. As mínimas devem ficar um pouco mais altas, mas ainda assim em torno da média para o mês, e as máximas sobem bastante. Máximas acima dos 30°C predominarão sobre o interior de SP ao longo da próxima semana, passando dos 35°C no oeste e norte do estado a partir de terça de forma mais pontual e a partir de quinta de forma mais ampla. Sobre a chuva, faz 40 dias hoje que não chove em Matão. A curto prazo não há nenhuma previsão de chuva sobre as áreas onde a estiagem está mais severa. Analisando previsões de médio prazo, há indicativo de que possa haver algum alívio na secura, com chuvas mais amplas, a partir do dia 15 de agosto. Abaixo, uma comparação entre a posição do ASAS hoje e a posição prevista para o dia 10:
  10. Para o noroeste do estado? Previsão de chuva forte? Você viu isso onde? 😅 Previsão do ECMWF 12Z de ontem: Chuva apenas para a divisa com o Paraná, sul do estado, todo o litoral, Vale do Paraíba e de forma bem mais isolada no oeste e centro paulista.
  11. Bom dia! Não se esqueçam de ler as regras!
  12. Vinicius Lucyrio

    Mudanças Climáticas - Discussões Gerais

    Eu trouxe este artigo aqui neste mesmo tópico há uns dias. Sobre poeira, algumas espécies de aerossóis geram feedback negativo nas temperaturas (ou seja, propiciam queda nas médias térmicas) por refletirem parte da radiação solar incidente, fazendo com que menos radiação chegue à superfície. Por isso que quando há grandes erupções vulcânicas há queda nas temperaturas nos meses/anos seguintes. Quedas de temperatura provocadas por aerossóis geralmente não tendem a durar muito tempo se não houve manutenção pois, principalmente os de moda grossa, não costumam ficar em suspensão por muito tempo, eles acabam se depositando na superfície.
  13. Pessoal, boa tarde! No intuito de melhorar a qualidade do fórum, fizemos algumas alterações nas regras do BAZ. Peço a todos que tirem 2 minutos para ler atentamente cada uma delas: Mensagens que não agreguem valor ao fórum podem ser desaprovadas sem prévio aviso. Fiquem atentos!
  14. Vinicius Lucyrio

    Mudanças Climáticas - Discussões Gerais

    Eu vou repetir mais uma vez que só considero esse tal ICA com referência bibliográfica de impacto no meio científico, mas aos outros pontos vamos lá. Não houve fase fria entre as décadas de 1940 e 1970, houve um período de estabilidade. Não sei ao certo o motivo, mas o retorno do aquecimento pós 1970 pode estar relacionado ao aumento importante do uso de petróleo e de carvão mineral a partir de meados da década de 1960, o que fez com que a concentração de gases do efeito estufa aumentasse muito. De fato, o uso já era crescente antes, mas num nível bem inferior. Faz sentido pensar na atividade solar como modulador natural do clima, desde que haja um impacto significante na dose de radiação solar que chega ao topo da atmosfera. Aproximadamente 50% dessa radiação chega à superfície, aquecendo a atmosfera de baixo para cima. Só que se você tem componentes que são fortes absorvedores de radiação no infravermelho termal (o calor, sendo mais informal), você acaba por compensar parte do feedback negativo na temperatura que ocorreria por uma menor irradiância chegando até a superfície, pois o calor fica retido. Para uma compensação total, seriam necessários sucessivos ciclos solares muito fracos, ao longo de muitos anos, para diminuir a quantidade de radiação terrestre retida. Sobre poeira cósmica, prefiro não opinar pois não conheço nada sobre. Mas para haver condensação de água na atmosfera (formação de nuvens, por assim dizer), é necessário que haja núcleos de condensação, que são partículas higroscópicas que servem de catalisador na formação de gotas. Sobre a Lua, conheço um pouco apenas de seus efeitos nas marés devido a ação da força gravitacional.
  15. Vinicius Lucyrio

    Mudanças Climáticas - Discussões Gerais

    O artigo que me baseei é este: Oliveira et al. (2017).pdf Este artigo teve, inclusive, revisão crítica da minha orientadora e professora na Unifei, a Drª. Michelle Reboita, que desenvolve pesquisas nas áreas de meteorologia sinótica e mudanças climáticas.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.