Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

ricardosilva

Members
  • Content count

    1180
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

3079 Excellent

About ricardosilva

  • Birthday 03/14/1989

Location

  • Location
    São Paulo - SP

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Aqui em São Paulo como eu temia a chuva não apareceu. A máxima no Mirante foi de 23,6° às 00h (21h de ontem). A mínima até o momento era a leitura das 19h com 16,3°, agradabilíssimo, principalmente a considerar o calor infernal dos últimos dias.
  2. Tô com medo da previsão de chuva flopar lindamente aqui para SP. Essas imagens dão a impressão que a frente pulou a capital e gerou nebulosidade no nordeste do estado e em Minas.
  3. Eu ouvi um trovão de longe e achei que vinha coisa boa, mas fiquei na vontade...nenhum pingo sequer na ZN.
  4. Comparação inválida, tanto pelo clima quanto pela latitude, deserto sempre tem menos precipitação... Mas só acho que se juntar tudo o que nevou nos últimos 30 anos em Curitiba não chega perto disso:
  5. Além disso está a 680 metros acima do nível do mar e na latitude 33N. Mundos totalmente diferentes. Aqui na capital paulista o refresco chegou...mas só do lado de fora. Dentro do quarto está um inferno de quente. No CGE Santana após uma máxima de 31,9° já faz 19,5°, com a MM se deslocando pelo céu. Em Marsilac 16,7°.
  6. ricardosilva

    Monitoramento e previsão Europa - 2020

    Tanto nome legal que poderia se colocar vindo da mitologia grega...
  7. Aqui na Zona Norte a temperatura já é significativamente maior, CGE Perus por exemplo tem 22,2°, ainda assim estamos cerca de 11° abaixo do que fazia ontem no mesmo horário.
  8. GAROANDO FORTE NA ZN DE SP CGE SANTANA 17:00h - 31,2º 21:00h - 19,2º
  9. Microclimas ao limite nesse início de madrugada em São Paulo: 01:00 CGE Sé 24,9° CGE Marsilac 10,6°
  10. Mas é exatamente em relação as fornalhas do mundo que digo... aliás nem precisa ir muito longe, salvo engano a maior temperatura da América do Sul é da Argentina. Pela região estar bem longe do mar, a baixa altitude e num clima tropical seco (Aw) poderia se esperar algo como uns 45° de máxima histórica ( e isso não é um valor absurdo de se pensar, muito distante ainda dos picos de calor do Oriente Médio, Subcontinente indiano e Austrália). Acho até que esse recorde corre o risco de ser frequentemente batido daqui em diante, caso o clima no mundo continue aquecendo.
  11. É um espanto um valor tão baixo de máxima absoluta pra essa cidade que é um caldeirão natural...que venha o recorde nacional pra ela.
  12. É por essas e outras que considero inverno climático aqui em SP somente de Maio a Julho, não dá pra confiar em Agosto (embora tenha sido o melhor mês no quesito frio nesse ano) e Setembro já é a Primavera Quente junto com Outubro.
  13. Setembrão estraçalhando esperanças de que fosse um mês ameno...e olha que Outubro pode ser ainda pior. Eu só aguardo o início da estação chuvosa pra me reconfortar, lá pra Novembro. Enquanto isso não ocorre temos 32,4° no CGE Santana, 33,3° em Perus e 33,7° na Sé. No extremo sul a tão odiada MM aparenta estar salvando Marsilac (24,8°) e Parelheiros (26,9°) do cozimento.
  14. Falta uma mínima de 32° e uma máxima de 46°
  15. Cara, não dá pra comparar minimamente, essas quedas de Cuiabá sempre levam umas 12h pra acontecer, nos EUA tem porrada polar que derruba isso em minutos...Baixar de 30° pra cerca de 15° acontece mesmo em SP com certa frequência, basta uma MM atuar no fim de tarde. Uma vez (me foge o ano agora, acho que foi na Blizzard de 2011) lembro que Houston tinha cerca de 22° no final da manhã quando o mamute polar chegou e baixou pra 6° em vinte minutos.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.