Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 01/05/18 in Posts

  1. 49 points
    Vamos lá. Temos batendo a porta um evento de frio potencialmente histórico. Primeiro vamos a uma descrição dia a dia. Pretendo fazer um paralelo da última rodada do ECMWF e da 12Z do GFS. 04/07/2019 É quando a alta começa a subir pela Argentina. Neste dia, o tempo fica bem instável no Paraná e sul do Mato Grosso do Sul, com possibilidade de temporais e altos acumulados pela madrugada e manhã; durante a tarde, o risco passa a ser do centro do MS e SP, especialmente sul do estado. À noite, a alta já se encontra no centro da Argentina com 1032hPa (ECMWF), e o ar gelado começa a invadir o sul do RS. 05/07/2019 Durante a madrugada do dia 5, o ar polar arranca com força para o Sul do país, e com presença de precipitação e temperaturas entre -3 e -6°C em 850hPa, pode nevar em pontos da Campanha Gaúcha. Pela manhã, a massa polar avança mais e outras regiões do Rio Grande do Sul podem ter neve, desde a Campanha, passando pelo centro até a Serra Gaúcha; esta última pode ter precipitação invernal intensa nas encostas voltadas para sul e sudoeste. Em São Paulo, chove forte com possibilidade de ventos fortes e granizo. À tarde, a precipitação pode se tornar mais ampla e volumosa enquanto a alta continua a avançar pelo interior do continente. O amplo e forte cavado em 500hPa é a forçante para que boa parte desta precipitação ocorra, e o efeito orográfico permanece. Com os dados das simulações de hoje, a neve pode acumular em pontos como Gramado e São Francisco de Paula, além das áreas mais altas na Serra. A possibilidade de acumulação existe também para pontos mais altos no centro do RS e Planalto Médio. À noite, o ar polar já será sentido no Mato Grosso do Sul e sudoeste de São Paulo, com a linha de 0°C em 850hPa atingindo estas regiões. A janela de neve permanece por todo o dia no RS e Serra Catarinense, a partir do meio dia no Planalto Norte de SC; no sul do PR há chances a partir do fim da tarde. Entre o fim da tarde e noite há possibilidade de nevar até mesmo nas áreas mais baixas do leste do RS, incluindo a região metropolitana de Porto Alegre. A tarde do dia 5 deve ser especialmente gelada, provavelmente com temperatura abaixo de 0 antes das 3 da tarde nos pontos acima de 1300m na Serra Geral. Todo o Rio Grande do Sul, todo, sem exceção, deve ter temperaturas abaixo dos 10°C durante todo o dia. 06/07/2019 Durante a madrugada do dia 6, a temperatura sofre forte queda no Mato Grosso do Sul e em São Paulo, além do Triângulo Mineiro e sul de MG, e sul de GO. Em São Paulo, muitas estações terão a mínima absoluta deste evento neste dia, e que podem ser menores que as registradas no segundo pulso de julho de 2000 (15 a 18/07). Este prognóstico é perigoso d ser feito, mas há risco de geada negra no norte do Paraná e sudoeste de São Paulo devido ao vento que acompanha o avanço do ar polar. São Paulo capital pode ter mínima na casa dos 1-3°C na maior parte da cidade. Curitiba pode ir aos -2/-3°C. O desenho sinótico é de uma erupção polar clássica: alta centrada entre o Paraguai e o Mato Grosso do Sul, com bordas atingindo sem dificuldades o sul de GO e MT, Triângulo Mineiro e São Paulo, com uma baixa em superfície no Atlântico não tão distante da costa e um forte e amplo cavado em 500hPa orientado praticamente de forma meridional (norte-sul), com um cavado polar intenso em altos níveis, com o Jato Polar atingindo o sul de SP (o que é muito raro). Sobre a possibilidade de geada: é grande em toda a área cinza do mapa, em especial norte do Paraná, sul e leste do MS, sudoeste e centro de SP. Esta área em cinza é uma região com pouquíssimo conteúdo de vapor d'água na atmosfera, o que faz com que quase a totalidade do calor perdido para o espaço ao anoitecer não seja retido por moléculas de água e reemitidas, permitindo que a queda de temperatura seja consistente e intensa. É prudente que os órgãos competentes façam desde já alertas para que os produtores destas áreas se preparem. Sobre a neve: ela continua durante a madrugada, e cito a possibilidade de neve nos pontos mais altos da Serra do Mar na divisa entre o PR e SP. Essa é a extensão máxima da linha de 0°C em 850 apontada por ora: Durante a tarde, as temperaturas sobem, mas não muito. O céu permanece encoberto desde o norte do RS até o sul do PR, e leste de SP. As máximas devem ficar em torno de 12-16°C em grande parte do interior de SP, mesmo na presença de sol; na RMSP espera-se máxima na casa dos 11-13°C. A tarde deve ser fria também no Rio de Janeiro, todo o sul de MG e Triângulo. No Sul, temperaturas muito baixas mesmo onde houver sol; no norte do PR, máximas em torno de 12-14°C, e na Serra Geral entre 2 e 5°C. O sol mal baixa e a temperatura já deve atingir valores muito baixos, e a noite pode ser a mais fria desde 2000 no Sudeste, GO, MS e norte do Paraná. Com a temperatura abaixo de 0°C em 700hPa, durante a passagem do cavado, há alguma chance de precipitação invernal nos pontos mais altos da Serra da Mantiqueira entre a manhã e o começo da tarde. O modelo GFS aponta cenário similar, só que com menos precipitação. 07/07/2019 Deve ser a noite mais fria na maioria das regiões citadas. Áreas como Goiânia, Brasília e Belo Horizonte, além da Zona da Mata mineira, devem ter o fim do jejum forçado de frio, com mínimas não vistas há vários anos. Goiânia e Brasília estão no limite da confusão dos modelos, pois ainda é incerto, apesar da tendência. Interior de São Paulo, Mato Grosso do Sul, grande parte de Minas Gerais, Paraná e centro-sul de Goiás devem estar preparados para a geada, que pode ser muito forte/severa em vários locais; temperaturas abaixo de 0 nas baixadas destes locais são esperadas. Na Serra Geral, Planalto Norte de SC e sul do PR podem ter picos de -7/-9°C em vários locais. Temperaturas baixíssimas também podem ocorrer nas baixadas da Campanha Gaúcha. No litoral e leste de SP e RJ, as mínimas podem ser atrapalhadas pela nebulosidade. Durante a tarde a temperatura sobe mais, mas permanece abaixo dos 20°C no Paraná, centro, sul e oeste de SP, e sul de MG. Com a maritimização progressiva da alta, as mínimas permanecem muito baixas apenas nas baixadas no dia 8. Sobre comparações com eventos do passado, a onda de frio do ECMWF está cada vez mais próximo do pulso ocorrido em 16-18/07/2000 no desenho sinótico. O cenário está praticamente consolidado e passará apenas por ajustes nas próximas rodadas. Sobre as saídas do modelo CMC: ele é bom parâmetro para baixadas. Não leve tão a sério os valores para áreas tão amplas.
  2. 40 points
    Bom dia à todos... Superada a mínima do dia 28/4/16 (1,2°C) nesta manhã gelada e maravilhosa de quinta-feira, 16/4/20! Às 7h a temperatura na baixada aki da vila em Piraquara atingiu 0,7°C e o gelo cobria a vegetação e aparecia sobre os capôs dos carros e nos telhados...
  3. 37 points
    URGENTE ! OCORRÊNCIA DE GEADA EM JUIZ DE FORA. Nesta Segunda-feira, 08-07-2019, estive às 06h da manhã num dos locais mais frios de JF, a Chácara Passos del Rei. E foi observada uma geada de fraca intensidade. Localizada na beirada da BR-040, entre o Graal e o Expominas, essa Chácara fica a 870m de altitude, com morros de 1000m ao redor, formando uma grande baixada que possui frio incomum para nossa cidade. Temperatura mínima registrada pelo termômetro: 01,6C !!! Isso mesmo ! ❄️❄️❄️ Na minha estação Davis, por apenas 1 décimo, também tive recorde de temperatura baixa: 05,3C ! Assim sendo, superou Junho-16 e foi a menor mínima que registro desde Julho-07 (antigamente era um termômetro digital dentro de um abrigo). Chega de falação e vamos às fotos:
  4. 37 points
    Menor temperatura desde 2016 registrei nesta manhã aki em Piraquara. Durante toda a madrugada a keda foi constante mas lenta: às 22h de ontem com apenas 0,5°C pensei q bateria o record de Julho/2013 mas nem o de Junho/2016 consegui bater: -3,7°C hoje. Decepção à parte, fikei feliz com a visão que eu tive hoje cedo. Fui até o Parque da Águas aki perto e lá havia nevoeiro por ser uma área com grandes lagoas.. Segue algumas das muitas fotos que eu fiz no local e no meu bairro:
  5. 36 points
    A geada de hoje foi bem impressionante, e existe a possibilidade de amanhã ser mais forte ainda. Mínima de -3,1 na minha estação de encosta. Algumas fotos que tirei no local da estação, e outras que tirei na Linha Wickert, um vale perto da cidade. Açude congelado, mata toda congelada. Iporã do Oeste/SC Vai aí um mega flood das fotos que tirei hoje: Adicionalmente, agora são 11:10 da manhã e faz 4,6°C com o céu totalmente limpo. WhatsApp Video 2019-07-06 at 09.49.22.mp4 MVI_1734 (online-video-cutter.com).mp4 MVI_1622 (online-video-cutter.com).mp4 WhatsApp Video 2019-07-06 at 09.49.22 (3).mp4
  6. 35 points
    Sobre a próxima incursão de ar frio, ela já está engatilhada no sul do continente. O ASPS (Anticiclone Subtropical do Pacífico Sul) está posicionado a oeste do Chile, com bordas ao largo do litoral. Em níveis superiores, nota-se uma crista empilhada desde os médios até os altos níveis sobre o ASPS, enquanto um cavado encontra-se imediatamente a leste da alta, o que é característico nestes eventos de frio. A estrutura do cavado é perceptível pela imagem de satélite, e se nota a formação de uma frente no litoral centro-sul da Argentina. (windy.com) Entre hoje e amanhã, todo o complexo de sistemas que provocará queda nas temperaturas nos próximos dias em grande parte do Centro-Sul do Brasil progredirá com a transposição de parte da alta pelos Andes, com avanço para nordeste tanto da alta quanto do cavado, que se amplifica e atinge o sul do RS entre a tarde e noite de amanhã (06). Com o avanço da alta e o fortalecimento do JBN (Jato de Baixos Níveis) no interior do continente, chuvas intensas são esperadas amanhã no RS (exceto sul), meio-oeste de SC e há alguma chances também no sudoeste do PR. Oeste, centro, leste e noroeste do PR devem ter chuva menos intensa, apenas com alguns temporais esparsos, e o mesmo serve para as outras regiões de SC. Em boa parte do MS e SP, a chuva vem entre a noite de amanhã e terça-feira (07). No sul de MG, RJ e ES entre a tarde de terça e quarta-feira. Ao longo do dia amanhã também se espera a formação de um ciclone extratropical, em posição mais ao sul e menos intenso que o último. A interação da alta com o ciclone, e o suporte dinâmico do cavado em médios níveis, além do posicionamento do ramo norte do Jato Polar (mesmo que breve) deve propiciar uma erupção mais intensa de ar frio que qualquer outra este ano até agora em boa parte do RS e SC. É notável pelas cartas de temperatura em 850 e 700 hPa. Mínimas baixas são esperadas a partir de terça-feira, e podem vir mais baixas que o apontado pelos modelos. O motivo: ar seco em toda a coluna atmosférica. As menores temperaturas devem ocorrer nas manhãs de quarta e quinta-feira (08 e 09), e muito provavelmente teremos as primeiras temperaturas negativas do ano na região Sul. Neste primeiro momento, as temperaturas caem no Sudeste porém de forma mais sutil. No segundo momento, sobre o qual falarei ainda hoje, o Sudeste terá temperaturas mais baixas. Um aftershock, com uma nova amplificação do cavado, deve ocorrer a partir de quinta-feira. Falarei sobre isso depois da 12Z do ECMWF.
  7. 35 points
    MÍNIMAS DE HOJE (07/07/2019) -9,2°C Urupema-SC (Epagri) -8,8°C Painel-SC (Sítio Torradinho/PWS) -8,6°C São Joaquim-SC (Pericó/PWS) -8,0°C Pinheiro Machado-RS (Passo da Olaria/PWS) -8,0°C São Joaquim-SC (Jardim Caiçara/PWS) -7,9°C Água Doce-SC (Villaggio Grando/PWS) -7,9°C São Joaquim-SC (Cruzeiro/PWS) -7,7°C São Joaquim-SC (Postinho/PWS) -7,6°C Urupema-SC (Chalé Vale das Araucárias/PWS) -7,5°C Bom Jardim da Serra-SC (Rio Porteira/PWS) -7,5°C Soledade-RS (Bairro Farroupilha/PWS) -7,5°C Vacaria-RS (BASF) -7,4°C Bom Jardim da Serra-RS (Mascarelo/PWS) -7,2°C Soledade-RS (Sítio Toniolo/PWS) -7,1°C Bom Jardim da Serra-SC (Rio do Rastro Eco Resort/PWS) -7,1°C General Carneiro-PR -7,0°C Ponte Alta do Norte-SC (Epagri) -6,8°C São Joaquim-SC (Centro/PWS) -6,7°C Curitibanos-SC (Epagri) -6,7°C São Joaquim-SC (Boava/Epagri) -6,6°C Urubici-SC (Vacas Gordas/Epagri) -6,2°C São Joaquim-SC (Postinho, Bongiolo/PWS) -6,1°C Fraiburgo-SC (Liberata/Epagri) -6,1°C Lebon Régis-SC (Epagri) -5,9°C Bom Jesus-RS (BASF) -5,9°C Delfim Moreira-MG (Charco/PWS) -5,8°C Canguçu-RS (Glória/PWS) -5,8°C São Joaquim-SC -5,7°C São Mateus do Sul-PR -5,6°C Ponta Grossa-PR (Corteva/PWS) -5,5°C Frei Rogério-SC (Epagri) -5,5°C Monte Castelo-SC (Epagri) -5,4°C Fraiburgo-SC (PWS) -5,4°C Rio das Antas-SC (Epagri) -5,3°C Vargem-SC (Epagri) -5,2°C Canela-RS (Castelinho/PWS) -5,2°C Lages-SC (Coxilha Rica/Epagri) -5,2°C Major Vieira-SC -5,1°C Brunópolis-SC (Epagri) -5,1°C Caçador-SC (Linha Cará/Epagri) -5,1°C Joinville-SC (Serra Dona Francisca/PWS) -5,0°C Palmas-PR (Simepar) -5,0°C Porto Amazonas-PR (BASF) -4,9°C Imbituva-PR (PWS) -4,9°C Serafina Correa-RS -4,8°C Inácio Martins-PR -4,8°C Quaraí-RS -4,8°C Tainhas-RS (PWS) -4,6°C São Sepé-RS (Faz. Bosoroca/PWS) -4,4°C Curitibanos-SC -4,3°C São José dos Ausentes-RS (Faz. Potreirinhos/PWS) -4,3°C Videira-SC (PWS) -4,2°C Vacaria-RS -4,0°C Dom Pedrito-RS -4,0°C Laranjeiras do Sul-PR -4,0°C Rio Negrinho-SC -3,9°C São José dos Ausentes-RS -3,8°C União da Vitória-PR (Simepar) -3,7°C São Sepé-RS (Pedras Brancas/PWS) -3,6°C Cambará do Sul-RS -3,6°C Guarapuava-PR (Simepar) -3,6°C Joinville-SC (Pesque Truta Nossa Senhora/PWS) -3,4°C Lapa-PR (Simepar) -3,3°C Lages-SC -3,3°C Maravilha-SC (Epagri) -3,3°C Ponta Grossa-PR (Simepar) -3,2°C Clevelândia-PR -3,1°C Ituporanga-SC -3,1°C Vila Nova do Sul-RS (Laranjeira/PWS) -3,0°C Campos Novos-SC -2,9°C Alegrete-RS -2,9°C Cruz Alta-RS -2,8°C Rancho Queimado-SC -2,7°C Joinville-SC (Rio do Júlio/PWS) -2,6°C Bento Gonçalves-RS -2,6°C Santana do Livramento-RS -2,5°C Castro-PR -2,5°C Passo Fundo-RS -2,4°C Itapetininga-SP (Ciiagro) -2,4°C Teutônia-RS (Linha Catarina/PWS) -2,3°C Pelotas-RS (Colina do Sol/PWS) -2,3°C Soledade-RS -2,1°C Monte Verde-MG -2,1°C Iporã do Oeste-SC -2,1°C Santa Rosa-RS -2,0°C Bagé-RS (Conv/Inmet) -1,9°C Itapirapuã Paulista-SP (Ciiagro) -1,9°C Palmeira das Missões-RS -1,8°C Campos do Jordão-SP (Vila Inglesa/PWS) -1,8°C Gramado-RS (Casa de Pedra/PWS) -1,7°C Barra do Chapéu-SP (Ciiagro) -1,6°C Santa Maria-RS -1,6°C Xanxerê-SC -1,5°C Chapecó-SC -1,4°C São Francisco de Paula-RS (Água da Rainha/PWS) -1,3°C Apiaí-SP (Ciiagro) -1,2°C Rio Brilhante-MS -1,2°C Sidrolândia-MS (Fazenda Estrela/PWS) -1,1°C Jaguarão-RS -1,1°C Piraju-SP (Ciiagro) -1,0°C Manduri-SP (Ciiagro) -1,0°C Rancharia-SP -1,0°C Uberlândia-MG (Juliagro/PWS) -0,9°C Barra do Turvo-SP -0,9°C Guaíra-SP (Barenbrug/PWS) -0,9°C Paranapanema-SP (Ciiagro) -0,7°C Foz do Iguaçu-PR -0,7°C São Borja-RS -0,6°C Corumbataí-SP (Ciiagro) -0,6°C São Joaquim da Barra-SP (Usina Alta Mogiana/PWS) -0,5°C Frederico Westphalen-RS -0,5°C São Sebastião do Paraíso-MG -0,4°C Novo Hamburgo-RS (Sítio São Luiz/PWS) -0,2°C Joaquim Távora-PR -0,1°C Herculândia-SP (Ciiagro) -0,1°C Ituiutaba-MG -0,1°C Rio Grande-RS -0,1°C Santa Salete-SP (Ciiagro) -0,1°C Urânia-SP (Faz. São Francisco/PWS) 0,0°C Marechal Cândido Rondon-PR 0,0°C Palmital-SP (Ciiagro) 0,1°C Morro Reuter-RS (PWS) 0,1°C Tatuí-SP (Ciiagro) 0,2°C Campo Bom-RS 0,2°C Maracaju-MS 0,2°C Onda Verde-SP (Faz. Santo Antônio/PWS) 0,2°C São Miguel Arcanjo-SP 0,3°C Amambaí-MS 0,3°C Penápolis-SP (Rio Bonito/PWS) 0,3°C Ponta Porã-MS (Fazenda Agro Matogrosso/PWS) 0,3°C São Lourenço da Serra-SP (Ciiagro) 0,3°C Sidrolândia-MS 0,4°C Bela Vista-MS 0,4°C Passos-MG 0,6°C Altinópolis-SP (Faz. Águas do Sapucaí/PWS) 0,6°C Jales-SP (Ciiagro) 0,6°C Joinville-SC (Jativoca/PWS) 0,6°C Juti-MS 0,7°C Colina-SP (Ciiagro) 0,7°C Ventania-PR 0,8°C Itirapina-SP (Ciiagro) 0,8°C Riolândia-SP (Faz. Santa Leopoldina/PWS) 0,8°C Sertãozinho-SP (Ciiagro) 0,9°C Blumenau-SC (Progresso/PWS) 0,9°C Cândido Mota-SP (Ciiagro) 1,0°C Costa Rica-MS 1,0°C Criciúma-SC (SATC/PWS) 1,0°C Penápolis-SP (Rio Lajeado/PWS) 1,1°C Monte Aprazível-SP (Ciiagro) 1,1°C Pradópolis-SP 1,2°C São Leopoldo-RS (Cristo Rei/PWS) 1,3°C Cosmópolis-SP (Ciiagro) 1,3°C Itarumã-GO (Fazenda Cambara/PWS) 1,3°C Jardim-MS 1,3°C Patrocínio-MG 1,3°C São José do Rio Pardo-SP (Ciiagro) 1,4°C Ariranha-SP 1,4°C Conceição das Alagoas-MG 1,6°C Água Clara-MS 1,6°C Antônio Carlos-SC (Epagri) 1,6°C Cajamar-SP (PWS) 1,6°C Cassilândia-MS 1,6°C José Bonifácio-SP 1,7°C Adamantina-SP (Ciiagro) 1,7°C Nova Trento-SC (PWS) 1,7°C Paraúna-GO (Faz. Santa Bárbara/PWS) 1,7°C Sete Quedas-MS 1,7°C Sorocaba-SP 1,7°C Uberlândia-MG (Centro de Treinamento Bayer/PWS) 1,8°C Campina Verde-MG 1,8°C Presidente Prudente-SP (Ciiagro) 1,8°C São Luiz do Paraitinga-SP 1,9°C Ibitinga-SP 1,9°C Ituverava-SP 1,9°C Limeira-SP (Ciiagro) 1,9°C Torres-RS 2,0°C Bambuí-MG 2,0°C Pariquera-Açu-SP (Ciiagro) 2,0°C Sacramento-MG 2,0°C Vicentinópolis-GO (PWS) 2,1°C Barretos-SP 2,1°C Borborema-SP (Ciiagro) 2,2°C Assis-SP (Ciiagro) 2,2°C Indaial-SC 2,2°C Ponta Porã-MS 2,3°C Itapeva-SP 2,3°C Mococa-SP (Ciiagro) 2,3°C Votuporanga-SP 2,4°C Rio Verde-GO (Conv/Inmet) 2,6°C Brodowski-SP (Ciiagro) 2,6°C Jataí-GO 2,6°C Paranaíba-MS 2,6°C Paranapoema-PR 2,7°C Florestal-MG 2,8°C Brasilândia-MS 2,8°C Miranda-MS 2,8°C Varginha-MG 2,9°C Itapira-SP 2,9°C Morrinhos-GO 2,9°C Ourinhos-SP 3,0°C Rio Claro-SP (Ciiagro) 3,0°C Valparaíso-SP 3,1°C Gavião Peixoto-SP (Embraer/PWS) 3,1°C Itiquira-MT (Fazenda Linde/PWS) 3,1°C Piranguinho-MG (PWS) 3,2°C Aquidauana-MS 3,2°C Coxim-MS 3,3°C Joinville-SC (Floresta/PWS) 3,3°C São João da Boa Vista-SP (Ciiagro) 3,5°C Chapadão do Sul-MS 3,6°C Dracena-SP 3,7°C Bauru-SP 3,7°C Casa Branca-SP 3,7°C Itumbiara-GO 3,8°C Cachoeira Paulista-SP 3,8°C Franca-SP (Ciiagro) 3,8°C São Gabriel do Oeste-MS 4,0°C Londrina-PR (Conv/Inmet) 4,1°C Sete Lagoas-MG 4,3°C Edéia-GO 4,3°C Ribeirão Preto-SP (Ciiagro) 4,4°C Formiga-MG 4,4°C Registro-SP 4,4°C São Simão-GO 4,6°C Três Lagoas-MS 4,7°C Diamante do Norte-PR 4,7°C Machado-MG 4,7°C Pires do Rio-GO 4,8°C Jales-SP 4,9°C Divinópolis-MG 5,0°C Taubaté-SP 5,1°C Alto Taquari-MT 5,2°C Cristalina-GO (Fazenda Santa Mônica) 5,2°C Franca-SP (Conv/Inmet) 5,3°C Mineiros-GO 5,4°C Cordeiro-RJ 5,6°C Oliveira-MG 5,6°C São Carlos-SP (PWS) 5,7°C Barbacena-MG 5,7°C Gama-DF 5,9°C Ouro Branco-MG 6,0°C São Carlos-SP 6,3°C Alto Araguaia-MT 6,3°C Paraúna-GO 6,3°C Teresópolis-RJ 6,4°C Itiquira-MT 6,4°C Presidente Prudente-SP 6,5°C Catalão-GO 6,8°C Caiapônia-GO 6,9°C Comodoro-MT 7,0°C Maringá-PR 7,1°C Curvelo-MG 7,2°C Rondonópolis-MT 7,3°C Juiz de Fora-MG 7,4°C Cristalina-GO 7,5°C Águas Emendadas-DF 7,7°C Santo Antônio do Leste-MT 7,8°C Nova Friburgo-RJ 8,1°C Salto do Céu-MT 8,6°C Resende-RJ 8,9°C Pirapora-MG CAPITAIS -2,7°C Curitiba-PR (Orleans/PWS) -2,6°C Curitiba-PR (Ahu/PWS) -2,2°C Colombo-PR -1,5°C Curitiba-PR (Pilarzinho/PWS) -1,2°C Curitiba-PR (Parque Barigui/PWS) -0,7°C Curitiba-PR (Conv/Inmet) -0,3°C São Paulo-SP (Marsilac/CGE) 0,0°C São José dos Pinhais-PR (Afonso Pena) 0,1°C Curitiba-PR (Simepar) 0,5°C São Paulo-SP (Capela do Socorro/CGE) 1,8°C São Paulo-SP (Parelheiros/CGE) 2,2°C Porto Alegre-RS 3,2°C Florianópolis-SC (Ratones/PWS) 3,2°C São Paulo-SP (IAG/USP) 3,3°C Florianópolis-SC (Carijós/Epagri) 3,8°C Guarulhos-SP (Cumbica) 4,5°C Florianópolis-SC 4,7°C Campo Grande-MS (Aeroporto) 4,8°C São Paulo-SP (SESC Interlagos) 5,0°C São Paulo-SP (Campo de Marte) 5,7°C Belo Horizonte-MG (Cercadinho) 5,8°C Goiânia-GO 6,5°C São Paulo-SP (Mirante de Santana) 7,3°C Belo Horizonte-MG (Pampulha) 8,9°C Brasília-DF 10,5°C Seropédica-RJ 11,8°C Rio de Janeiro-RJ (Jacarepaguá) 14,1°C Rio Branco-AC 16,4°C Porto Velho-RO
  8. 34 points
    Bom dia a todos, Recordes do ano em alguns locais hoje, aqui no charco foi a maior geada do ano até o momento, alguna registros pela Serra da Mantiqueira: • -3,9°C Bairro Do Charco/Delfim Moreira - MG • -0,2°C PNI/INMET • 1,0°C Melhoramentos/Camanducaia - MG • 1,2°C Vila Inglesa/Campos do Jordão - SP • 2,4°C Bairro Reserva/ Maria da Fé - MG • 2,5°C Piranguçu - MG • 3,3°C Sitio da Lage /Maria da Fé - MG • 4,0°C Monte Verde/INMET • 4,1°C Maria da Fé/INMET • 4,7°C Campos do Jordão/INMET • 5,2°C Maringá/ Itatiaia - RJ Fonte: PWS/INMET Levantei cedo para tirar algumas fotos da geada que cobria o Bairro do Charco:
  9. 34 points
    Mínima 3,7°C em casa e 1,7°C na baixada às 7h10. Geada...
  10. 34 points
    Bom dia à todos... A intensidade do frio foi menor nesta manhã de sexta-feira aki no leste de Curitiba, mas ainda registrei 1,8°C na baixada e 4,4°C em casa. A geada apareceu fraca e o nevoeiro foi mais denso ao amanhecer.
  11. 33 points
  12. 33 points
    MÍNIMAS DE HOJE (06/07/2019) Qualquer erro, favor comunicar. São muitas estações, é fácil fácil errar algo ali no meio. E certamente esqueci de algumas rsrs. -5,9°C Morro da Igreja-SC -5,8°C Morro das Torres-SC (Epagri) -5,8°C Soledade-RS (Bairro Farroupilha/PWS) -5,8°C Soledade-RS (Sítio Toniolo/PWS) -5,0°C Quaraí-RS -4,9°C Pinheiro Machado-RS (Passo da Olaria/PWS) -4,8°C Entre Rios-PR (Simepar) -4,7°C Caçador-SC (Apicultura/Epagri) -4,6°C General Carneiro-PR -4,6°C Guarapuava-PR (Grupo Majowski/PWS) -4,4°C Guarapuava-PR (Simepar) -4,4°C Inácio Martins-PR -4,2°C Água Doce-SC (Epagri) -4,2°C Clevelândia-PR -4,1°C São Joaquim-SC (Cruzeiro/Epagri) -4,0°C Cascavel-PR (Simepar) -4,0°C Lebon Régis-SC (Epagri) -4,0°C Ponta Grossa-PR (PWS) -4,0°C Santa Rosa-RS -3,9°C Cruz Alta-RS -3,9°C Marari-SC (Epagri) -3,8°C Monte Castelo-SC (Epagri) -3,7°C Imbituva-PR (PWS) -3,7°C Vila Nova do Sul-SC (Laranjeira/PWS) -3,6°C Laranjeiras do Sul-PR -3,6°C Porto Amazonas-PR (BASF) -3,6°C Rio das Antas-SC (Paraíso das Aves/Epagri) -3,5°C Maravilha-SC (Epagri) -3,5°C São Joaquim-SC -3,4°C Fraiburgo-SC (Faz. Liberata/Epagri) -3,4°C São Joaquim-SC (Cruzeiro/PWS) -3,3°C Água Doce-SC (Villaggio Grando/PWS) -3,3°C Curitibanos-SC -3,2°C Alegrete-RS -3,2°C Matos Costa-SC (Epagri) -3,2°C Pato Branco-PR (Simepar) -3,2°C Santana do Livramento-RS (RCC FM/PWS) -3,2°C Serafina Correa-RS -3,1°C Campos Novos-SC -3,1°C Iporã do Oeste-SC (PWS) -3,1°C São José dos Ausentes-RS -3,1°C São Mateus do Sul-PR -3,0°C Arroio Trinta-SC (Epagri) -3,0°C Dom Pedrito-RS -3,0°C Palotina-PR (Simepar) -3,0°C Urupema-SC (Epagri) -2,9°C Erechim-RS -2,9°C Soledade-RS -2,8°C Ventania-PR -2,7°C Joinville-SC (Pesque Trutas N. S. Aparecida/PWS) -2,6°C Herval-RS (Guarda Nova/PWS) -2,6°C Mafra-SC (Epagri) -2,4°C Marechal Cândido Rondon-PR -2,3°C Abelardo Luz-SC (Epagri) -2,3°C Rio Negrinho-SC -2,3°C Santo Augusto-RS -2,2°C Castro-PR -2,1°C Joinville-SC (Serra Dona Francisca/PWS) -2,1°C Tupanciretã-RS -2,1°C Vacaria-RS -2,1°C Barra do Chapéu-SP (Ciiagro) -1,9°C Santiago-RS -1,8°C Dionísio Cerqueira-SC -1,8°C Frederico Westphalen-RS -1,8°C Itapirapuã Paulista-SP (Ciiagro) -1,8°C Lagoa Vermelha-RS -1,8°C Passo Fundo-RS -1,8°C Piraju-SP -1,7°C Uruguaiana-RS -1,7°C Xanxerê-SC -1,6°C Colombo-PR -1,5°C Dois Vizinhos-PR -1,4°C Cambará do Sul-PR -1,4°C Chapecó-SC -1,4°C São Gabriel-RS -1,3°C Apiaí-SP (Ciiagro) -1,3°C São Borja-RS -1,2°C Coronel Sapucaia-MS/Capitan Bado-PY (PWS) -1,2°C Manduri-SP (Ciiagro) -1,2°C Planalto-PR -1,1°C Ibirubá-RS -1,1°C Joinville-SC (Serra Smith/PWS) -1,1°C Palmeira das Missões-RS -1,0°C Nova Tebas-PR -0,9°C Barra do Turvo-SP -0,9°C Itapiranga-SC (Wolfgang/PWS) -0,9°C Santana do Livramento-RS -0,8°C Itapetininga-SP (Ciiagro) -0,8°C Mondaí-SC (Linha Catres/PWS) -0,8°C Paranapanema-SP (Ciiagro) -0,6°C Morro Reuter-RS (PWS) -0,6°C São Francisco de Paula-RS (Água da Rainha/PWS) -0,4°C Nova Fátima-PR -0,3°C Canela-RS -0,3°C Santa Maria-RS -0,2°C Delfim Moreira-MG (Charco/PWS) -0,2°C Encruzilhada do Sul-RS -0,2°C Gramado-RS (PWS) -0,2°C Joinville-SC (Rio de Júlio/PWS) -0,2°C Lages-SC -0,2°C São Vicente do Sul-RS -0,2°C Teutônia-RS (Linha Catarina/PWS) -0,2°C Teutônia-RS (Linha Welp/PWS) -0,1°C Amambaí-MS -0,1°C Canguçu-RS -0,1°C Rancho Queimado-SC -0,1°C São Miguel do Oeste-SC -0,1°C Sarutaiá-SP (Ciiagro) 0,0°C Bento Gonçalves-RS 0,0°C Japira-PR 0,0°C Taquarituba-SP (Ciiagro) 0,1°C Caçapava do Sul-PR 0,1°C Guaíra-PR (Simepar) 0,1°C Joaquim Távora-PR 0,1°C Palmital-SP (Ciiagro) 0,1°C Rio do Campo-SC 0,2°C Cianorte-PR (Simepar) 0,3°C São Luiz Gonzaga-RS 0,4°C Apucarana-PR (Simepar) 0,5°C São Miguel Arcanjo-SP 0,6°C Sete Quedas-MS 0,8°C Jaguarão-RS 0,8°C Teutônia-RS 0,9°C Tarumã-SP (Ciiagro) 1,0°C Itaóca-SP (Ciiagro) 1,0°C Rio Brilhante-MS 1,2°C Ituporanga-SC 1,2°C Maringá-PR (Simepar) 1,2°C Pedrinhas Paulista-SP (Ciiagro) 1,3°C Dourados-MS 1,3°C Itapeva-SP 1,3°C Rancharia-SP 1,3°C Riversul-SP (Ciiagro) 1,3°C Tejupá-SP (Ciiagro) 1,5°C Cidade Gaúcha-PR 1,5°C Paranavaí-PR (Simepar) 1,5°C Umuarama-PR (Simepar) 1,6°C Londrina-PR (Simepar) 1,6°C Ponta Porã-MS 1,7°C Altônia-PR (Simepar) 1,7°C Juti-MS 1,7°C Tatuí-SP (Ciiagro) 1,8°C Iepê-SP (Ciiagro) 1,8°C Loanda-PR (Simepar) 1,9°C Rio Pardo-RS 2,0°C Presidente Prudente-SP (Ciiagro) 2,1°C Diamante do Norte-PR 2,1°C São Lourenço da Serra-SP (Ciiagro) 2,3°C Avaré-SP 2,3°C Chuí-RS 2,3°C Sidrolândia-MS 2,3°C Urussanga-SC 2,6°C Adamantina-SP (Ciiagro) 2,6°C Assis-SP (Ciiagro) 2,6°C Maracaju-MS 2,6°C Marília-SP 2,6°C Paranapoema-PR 2,6°C Pariquera-Açu-SP (Ciiagro) 2,6°C Rio Grande-RS 2,7°C Bauru-SP 2,7°C Iporanga-SP (Ciiagro) 2,7°C Joinville-SC (Estrada Saí/PWS) 2,9°C Campos do Jordão-SP 2,9°C Mirante do Paranapanema-SP (Ciiagro) 3,0°C Botucatu-SP (Ciiagro) 3,0°C Ourinhos-SP 3,3°C Cordeirópolis-SP (Ciiagro) 3,3°C São Leopoldo-RS (Cristo Rei/PWS) 3,4°C Bela Vista-MS 3,5°C Chapadão do Sul-MS 3,5°C Presidente Prudente-SP 3,5°C Torrinha-SP (Ciiagro) 3,6°C Valparaíso-SP 3,7°C Eldorado-SP (Ciiagro) 3,7°C Torres-RS 3,8°C Ivinhema-MS 3,9°C Bataguassu-MS 3,9°C Itirapina-SP (Ciiagro) 3,9°C Piratininga-SP (Ciiagro) 4,0°C Jacupiranga-SP (Ciiagro) 4,1°C Jardim-MS 4,2°C Monte Verde-MG 4,3°C Corumbataí-SP (Ciiagro) 4,3°C Mombuca-SP (Ciiagro) 4,4°C Registro-SP 4,4°C Rio das Pedras-SP (Ciiagro) 4,5°C Analândia-SP (Ciiagro) 4,5°C Anhembi-SP (Ciiagro) 4,5°C Cajati-SP (Ciiagro) 4,5°C Dracena-SP 4,5°C Piracicaba-SP (Ciiagro) 4,6°C Brasilândia-MS 4,6°C Elias Fausto-SP (Ciiagro) 4,6°C Rio Claro-SP (Ciiagro) 4,7°C Araras-SP (Ciiagro) 4,7°C Ariranha-SP 4,8°C Capivari-SP (Ciiagro) 4,8°C Sorocaba-SP 4,9°C General Salgado-SP (Ciiagro) 4,9°C Mirassol-SP (Ciiagro) 5,0°C Campo Bom-RS 5,0°C Colina-SP (Ciiagro) 5,0°C Pindorama-SP (Ciiagro) 5,1°C Costa Rica-MS 5,1°C Iguape-SP 5,2°C Água Clara-MS 5,2°C Itajaí-SC 5,2°C Joinville-SC (Jativoca/PWS) 5,3°C Dois Córregos-SP (Ciiagro) 5,3°C Tupã-SP 5,4°C Ibitinga-SP 5,4°C Itu-SP (Ciiagro) 5,4°C São Gabriel do Oeste-MS 5,5°C Jundiaí-SP (Ciiagro) 5,5°C Nova Odessa-SP (Ciiagro) 5,6°C Fernandópolis-SP (Ciiagro) 5,6°C Indaiatuba-SP (Ciiagro) 5,6°C José Bonifácio-SP 5,7°C Joinville-SC (Zona Sul/PWS) 5,8°C Jales-SP 5,8°C Paranaíba-MS 5,9°C Amparo-SP (Ciiagro) 6,0°C Americana-SP (Ciiagro) 6,0°C Limeira-SP (Ciiagro) 6,0°C Selvíria-MS 6,1°C Borborema-SP (Ciiagro) 6,1°C Cardoso-SP (Ciiagro) 6,1°C São Carlos-SP 6,2°C Alto Taquari-MT 6,3°C Paulínia-SP (Ciiagro) 6,3°C Três Lagoas-MS 6,5°C Maria da Fé-MG 6,8°C Bebedouro-SP 6,9°C Indaial-SC 6,9°C Pradópolis-SP 7,0°C Campinas-SP (Ciiagro) 7,1°C São Sebastião do Paraíso-MG 7,2°C Mineiros-GO 7,2°C Votuporanga-SP 7,3°C Campina Verde-MG 7,5°C Barretos-SP 7,6°C Batatais-SP (Ciiagro) 7,6°C Casa Branca-SP 7,6°C Miranda-MS 7,6°C Rio Verde-GO 7,7°C Ilha Comprida-SP (Ciiagro) 7,7°C São Simão-GO 7,9°C Alto Araguaia-MT 7,9°C Machado-MG 8,0°C Ituiutaba-MG 8,0°C Jataí-GO 8,1°C Passa Quatro-MG 8,1°C Varginha-MG 8,2°C Cassilândia-MS 8,3°C Passos-MG 8,8°C Conceição das Alagoas-MG 8,8°C São Simão-SP 9,3°C Itiquira-MT 11,2°C Campo Verde-MT 11,3°C Comodoro-MT 13,7°C Epitaciolândia-AC -2,2°C Curitiba-PR (Ahu/PWS) -2,2°C Curitiba-PR (Orleans/PWS) -1,1°C Curitiba-PR (Pilarzinho/PWS) -1,0°C Curitiba-PR (Parque Barigui/PWS) -0,4°C Curitiba-PR (Simepar) -0,3°C Curitiba-PR (Conv/Inmet) 2,3°C São Paulo-SP (Marsilac/CGE) 2,7°C Florianópolis-SC (Ratones/PWS) 3,1°C São Paulo-SP (Parelheiros/CGE) 3,6°C São Paulo-SP (Capela do Socorro/CGE) 3,7°C Porto Alegre-RS 4,8°C São Paulo-SP (IAG/USP) 5,3°C São Paulo-SP (SESC Interlagos) 5,4°C São Paulo-SP (Butantã/CGE) 5,6°C Florianópolis-SC 5,6°C São Paulo-SP (Campo Limpo/CGE) 6,1°C São Paulo-SP (Vila Mariana/CGE) 7,3°C São Paulo-SP (Sé/CGE) 7,4°C São Paulo-SP (Mirante de Santana) 14,1°C Goiânia-GO 14,6°C Rio Branco-AC
  13. 32 points
    Bom dia a todos! As últimas duas madrugadas foram bem frias aqui no interior de São Paulo. Aqui em Matão tive a menor temperatura do ano ontem com 9,3°C, e hoje amanheceu com 9,8°C. Pela região, destaco Itirapina (ao lado de São Carlos) que cravou 5,3°C. Ontem Cordeirópolis teve 5,4°C. Estes valores baixos se devem muito mais à baixa quantidade de vapor d'água na atmosfera do que ao ar frio por si só, que ingressou no final de semana com fraca intensidade aqui no estado. Sobre a próxima incursão de ar frio, como todos viram, desde sábado a tendência dos modelos mudou de uma incursão ampla e com força considerável para uma onda de frio comum para a época e sem grande alcance territorial pelo interior do país. Ela avançará por dois setores, por via continental, atingindo o sul da Amazônia provocando friagem a partir de quinta-feira em Rondônia, Acre e extremo sudoeste do Amazonas, e por via oceânica, atingindo praticamente todo o leste do Sudeste até sábado. Sobre mínimas baixas: amanhã já deve amanhecer bem frio no Rio Grande do Sul, especialmente nas regiões oeste e noroeste. Na quinta-feira, deste o oeste do Rio Grande do Sul até o norte do Paraná, além do centro-sul do Mato Grosso do Sul; chamo a atenção para a divisa de SP com o PR também, além de uma faixa que compreende desde a região de Dracena até Sorocaba, que devem ter mínimas baixas em diversos pontos; o Paraná deve se destacar na quinta-feira, além do sul do MS. Na sexta-feira, o ar seco ganha força sobre todo o estado de São Paulo, MS, sul do MT e sul de GO, mas atenção ao quadrante predominante do vento que deve ser de Sudeste, o que pode frustrar grandes quedas na temperatura nestas áreas; regiões de várzea devem ter queda mais expressiva. A figura abaixo, que mostra a umidade relativa do ar na madrugada (ao lado, a água precipitável para que seja feita comparação) de sexta-feira, mostra menores índices no oeste paulista, centro-norte do MS e metade oeste do PR, e maiores índices são vistos na faixa mais ao sul e leste de SP. Índices maiores apontam maior mistura de ar, isto é, menor capacidade de represamento de ar frio em regiões de vale, e isso muitas vezes é provocado por ventos que sopram de sistemas de escala sinótica (no caso, a alta pressão), já que estes se sobrepoem à simples brisa de montanha (a que transporta ar frio das regiões elevadas para as baixadas). Então mesmo as baixadas destas áreas com maiores índices de UR correm "risco" de terem uma queda tamponada ou por mistura de ar ou por formação de nevoeiro. No sábado, maior potencial para frio intenso na madrugada no MS, extremo sudoeste de GO, sul e oeste do PR, meio-oeste de SC e boa parte do RS, além de MG. SP deve ter madrugada fria mas com algum vento, o que aumentará significativamente a sensação de frio. Contudo, destaco potencial para maior queda na faixa norte do estado, especialmente nas regiões de Barretos e Votuporanga. Vamos falar agora sobre a chuva. Se você espera chuva forte no interior de São Paulo, eu falo: pare. A mudança no curso da alta alterou a chuva prevista, e ela deve ser nada ou quase nada em boa parte do interior paulista. Eu sei, é frustrante, eu também estou triste, mas quem disse que a vida seria fácil? Ela dá simplesmente um olé em SP. Onde deve ter chuva é só mais a faixa ao sul, inclusive o litoral pode ter bastante. É isto, num dia os modelos oferecem muito, no outro: Vai esfriar bem sim, com boas chances de temperaturas bem abaixo de 0°C nas baixadas catarinenses. Está só começando, é apenas 5 de maio, tem muito chão pela frente (pra sofrer) ainda.
  14. 32 points
    Alguém me dá um Rivotril, por favor. Vou surtar com essa rodada 12Z do Europeu:
  15. 31 points
    Ciclogênese bomba em curso, com queda na pressão central superior a 24 hPa em 24h. Neste momento o núcleo da baixa está a leste da província de Buenos Aires, e deve nas próximas horas se aprofundar se deslocando para nordeste, ficando a leste do litoral gaúcho entre hoje a noite e a próxima madrugada. Sobre o ar frio que ingressará, é perceptível que o grosso ficaria no Sul devido à progressão do cavado em médios níveis que não amplifica o suficiente para que o ar frio chegue espesso à maior parte do Sudeste. Em compensação, teremos uma injeção notável de ar muito seco que trará mínimas baixas para a época em São Paulo, Minas Gerais e parte do estado do Rio. Já na próxima madrugada teremos ar muito seco em grande parte de SC e metade sul do PR. Devido ao mesmo ar seco, espera-se queda forte nas temperaturas entre o norte do PR, oeste e sul de SP amanhã ao anoitecer, e mínimas baixas em todas as regiões citadas até agora, além do sul do MS, centro e leste de SP, e sul de MG na manhã de sábado. Temperaturas abaixo de 0°C em pontos da Serra Catarinense são prováveis.
  16. 31 points
    Algumas fotos da geada de hoje. Mínima de -2.1°C. É a quarta geada seguida. Após o amanhecer teve nevoeiro com temperatura negativa (-1.3). Iporã do Oeste/SC 20190707_085119.mp4
  17. 31 points
    Como é meio que esperado nos modelos globais, houve pequena intensificação na intensidade do próximo pulso de frio. Com cenário consolidado, vamos lá. No momento, temos a entrada de uma alta vinda do Pacífico, transpondo os Andes pelo centro-sul do Chile. Nas próximas horas, esta alta ganha força sobre a Argentina e ganha suporte de outra alta centrada no Oceano Atlântico, próxima ao litoral sul da Argentina. Temos convergência de ar em baixos níveis, alimentada por um fluxo em 850mb; O JBN é mais forte neste momento entre o sul da Bolívia e sul do Paraguai. Com a entrada de ar frio e o fechamento da circulação da baixa entre a noite de hoje e a próxima madrugada, se consolidará a formação do ramo frontal entre o sul da Bolívia e o oeste do Uruguai. Chove forte neste momento em grande parte do RS, SC e extremo sul do Paraná. Há chuvas isoladas também no leste do MS, norte de SP e sul de MG. Nas próximas horas, a chuva ganha força sobre o noroeste do RS, oeste de SC e extremo sudoeste do PR. Há possibilidade de tempo severo em pontos das regiões citadas devido ao forte cisalhamento vertical do vento e à forte convergência de ar. Reparem no mapa: Ao longo da madrugada, chove forte no oeste e sul do MS, oeste do PR e centro-leste de SC. Pela manhã, a chuva chega ao sudoeste do MT, atinge o sul de Rondônia, oeste e sul de São Paulo e todo o Paraná. Podem ocorrer tempestades no oeste e centro do PR, e de forma mais isolada no oeste de SP e norte do PR. Neste momento, ainda pode chover no Rio Grandeo do Sul. Na tarde de amanhã, a frente fria se alonga desde o sul de RO até o estado de SP, provocando chuva que pode ser forte por onde passar - será a primeira chuva importante generalizada no estado de SP em várias semanas. Devido à frente oclusa que deve se localiza entre o meio-oeste de SC, passando pelo nordeste do RS até as bordas do ciclone, o tempo se mantém fechado e chuvoso no centro-norte do RS e grande parte de SC. Devido à formação do ciclone extratropical rente à costa do RS e SC, fortes rajadas de vento são esperadas ao longo de todo o dia amanhã no litoral e áreas próximas dos dois estados, principalmente do sul de Santa Catarina. Em alguns momentos, as rajadas podem ultrapassar os 100km/h. Na manhã de domingo, o ciclone atinge seu pico com núcleo chegando a 980hPa segundo o modelo ECMWF. Ainda muito próximo do continente, os transtornos com ventos fortes devem continuar. Em alto mar, rajadas entre 110 e 120km/h não são descartadas. A chuva cessa sobre São Paulo e diminui sobre o sul de MG entre a noite de sábado e a madrugada de domingo, e o ar frio se estabelece. Neste momento, com o grosso do ar polar atuando sobre o Sul do país, e ainda com umidade ciclônica presente, há possibilidade de nevar nos pontos mais altos de SC entre a noite de amanhã e meio da madrugada de domingo. A temperatura entra em declínio no sudoeste do MS na tarde de amanhã com a chegada do ar polar, e as temperaturas já caem para menos de 10°C em praticamente todo o MS na manhã de domingo; entre 12 e 14°C no sul e oeste do MT. Em SP, deve baixar de 10°C em todo o estado, exceto região de Franca, litoral e Vale do Paraíba no domingo pela manhã. Domingo será um dia muito frio desde o norte do RS até o sul do PR, com máximas abaixo dos 10°C em uma área ampla. Sob sol forte e tempo seco, as máximas oscilam entre 17 e 21°C em grande parte de SP e sul do MS, e entre 15 e 19°C em grande parte do PR. O centro-sul de MG também deve ter um dia mais frio, com máximas entre 17 e 21°C. Os sistemas atuantes devem advectar uma quantidade absurda de ar seco, o que provocará uma queda forte nas temperaturas entre domingo e segunda-feira (21). Deem uma olhada no campo de água precipitável às 06Z de segunda: Estamos falando de uma atmosfera com praticamente 0 de água, o que causará uma perda radiativa além do normal. Por este motivo, a temperatura mínima de segunda-feira deve ser na ordem de 4 e 6°C abaixo do apontado pelo ECMWF no nordeste do MS, sul de GO, Triângulo e Sul Mineiro e norte de SP. Deste modo, há chance de gear em todas estas áreas, até com forte intensidade em baixadas acima de 900m de altitude no oeste do Triângulo e Alto Paranaíba. Mínimas muito baixas também nas áreas de serras e planaltos entre o sul do PR e norte do RS. O modelo CMC, nestes casos, nos dá uma noção do que pode ocorrer nos vales: A atmosfera permanece seca e propícia a mínimas muito baixas na madrugada de terça-feira, especialmente no sul de Minas Gerais e leste de SP. Ainda na terça-feira, novo sistema de alta pressão avança sobre o Sul, mantendo as condições de tempo frio por lá e secando ainda mais a atmosfera. Na quarta-feira (23), as mínimas ficam bastante baixas no RS e meio-oeste e SC, mas o pico deve ser registrado na quinta-feira, com condições favoráveis a mínimas abaixo de -5°C em baixadas nas serras gaúcha e catarinense.
  18. 30 points
    Curitiba registrou sua primeira geada (fraca). Fui até o Parque Tingui agora cedo e fiz algumas fotos: Mínimas em Curitiba e Região, 16/04, com geada: Curitiba Orleans PWS 2,1ºC Tijucas do Sul PWS 3,5ºC Colombo INMET 3,6ºC São José dos Pinhais PWS 3,6ºC Curitiba Pilarzinho PWS 4,3ºC Curitiba Barigui PWS 5,4ºC Curitiba Ahú PWS 5,4ºC Quatro Barras PWS 5,4ºC Curitiba Campo Comprido PWS 6,9ºC Curitiba Ahú/Boa Vista PWS 7,7ºC Curitiba INMET FORA (caiu com 7,8ºC, 4h00) Destaques no Paraná: General Carneiro INMET -1,7ºC Ponta Grossa PWS 0,1ºC Porto Amazonas BASF 0,5ºC São Mateus do Sul INMET 1,0ºC Castro INMET 3,1ºC
  19. 30 points
    Bom dia, Bazianos! Como prometido, aproveitando minha viagem de João Pessoa para Belo Horizonte, com conexão em Guarulhos, aqui vai um resumão climático de parte do Brasil na sexta-feira através de fotos tiradas por mim em diferentes momentos. Partimos de João Pessoa por volta de 12:45, com sol entre nuvens. Temperatura em 28°C. Lá em cima, esta era a vista da região metropolitana de João Pessoa. Seguimos com condições semelhantes por todo o estado da Paraíba e também de Pernambuco. Chegando em Alagoas, a infiltração marítima estava um pouco mais intensa em boa parte do estado. Pela Bahia, condição semelhante a Paraíba, com sol entre poucas nuvens. Meu destaque fica para a região próxima a Itaberaba. Nesta foto, observamos claramente a fronteira entre a infiltração marítima e a atuação do sistema de alta pressão. Chegando a Minas Gerais, esta era a situação do Vale do Jequitinhonha por volta das 14:20. Nesta imagem, o vale do Rio Jequitinhonha, completamente dominado pela secura extrema e sem nenhuma nuvem. A presença de fumaça já é visível na imagem. Exatamente às 15:00, sobrevoamos a região metropolitana de Belo Horizonte, enquanto a capital mineira fervia com seus 36°C e poucas nuvens. No centro, a lagoa da Pampulha. No sul de Minas, próximo a Pouso alegre, pude observar o limite da infiltração marítima responsável por derrubar as temperaturas em São Paulo e na Serra da Mantiqueira. Notem o contraste com o sistema de alta pressão. E esta foi a condição observada da Serra da Mantiqueira até a RMSP, céu totalmente encoberto por volta das 15:40. Chegando a Guarulhos, esta era a situação em solo. 19°C e nenhum sinal do sol. Partindo de Guarulhos com destino a Belo Horizonte às 17:35, a situação ainda se mantinha a mesma. Tirei duas fotos em diferentes lados do avião. A primeira é o sol se pondo, enquanto a segunda mostra a lua cheia da sexta feira 13 surgindo no lado oposto. Já no sul de Minas, percebi um aumento da nebulosidade em relação ao meio da tarde. O que me rendeu uma bela imagem. E na volta para Belo Horizonte, o que me chamou a atenção foi o grande número de queimadas espalhadas por Minas Gerais, que ficaram mais visíveis com o cair da noite. A maior delas foi na região metropolitana de Belo Horizonte, próxima a Confins. Como resultado das queimadas, uma espessa nuvem de fumaça cobria Belo Horizonte no momento em que cheguei. Mas infelizmente não consegui tirar fotos. Espero que tenham gostado do meu breve resumo climático da sexta-feira 13.
  20. 30 points
    Que semana meus senhores!!! Um trem de Ondas de Rossby, disparado pela ação de um bloqueio na Oceania, deve possibilitar a entrada de ar bastante frio pelo continente nos próximos dias. O trem de ondas se deslocando pelo Pacífico. Paralelamente, uma crista associada ao Jato polar, na costa da Antártica, irá impulsionar uma baixa polar das latitudes altas para o Atlântico sul estabelecendo um corredor de ar gelado sobre América do Sul. Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 quando o anticiclone começa a adentrar o continente: Nos baixos níveis Dia 1, em 850 hPa, a baixa transpondo a Terra do Fogo Dia 3 já sobre o Atlântico Sul O anticiclone é grande, é intenso e tem bastante suporte. Tudo indica que é daquelas situações que tanto o sul (lê-se campanha gaúcha) como o sudeste (lê-se o leste) congelam, ao contrário de quando tem mps menores e um sai no prejuízo. Antes da massa polar maior, tem esse pequeno anticiclone no RS que deve trazer temperaturas negativas em alguns pontos do sul gaúcho. Já é resultado do "corredor polar" aberto no continente. O cavado polar tem grande amplitude meridional possibilitando avançando de ar muito frio até as latitudes mais baixas do continente. Sobre neve, ainda é cedo pra falar, mas os modelos indicam o avanço de um cavado em 500 hPa na sexta-feira e em superfície uma frente secundária. Associada a ela poderia haver instabilidade dentro da atmosfera extremamente gelada em baixos e médios níveis sobre Uruguai, RS e SC, o que poderia favorecer a ocorrência de neve em algumas áreas, inclusive em pontos de menor altitude. A região das hortênsias seria o "pinico" da neve. Escoamento em 500 hPa - ECMWF O GFS chega a fechar um Vórtice Ciclônico o que poderia gerar ainda mais instabilidade: Mas como falei, ainda é cedo para falar em neve. Ainda vai haver vários ajustes até lá. O caminho segue aberto para outras incursões pós mp, especialmente no RS. Vamos seguir acompanhando e torcendo para que o cenário melhore e seja bom para todos!
  21. 29 points
    Clima totalmente outonal se manifestando aki no leste paranaense. Hoje saí pedalar e fazer algumas imagens no interior do município por volta das 10h30 e mesmo com sol intenso a temperatura não havia ultrapassado os 15°C. Muito vento gelado e céu quase totalmente azul. A combinação do azul do céu com o laranja das árvores estava perfeita. Caquis madurinhos e docinhos... Vista da Serra do Mar...
  22. 29 points
    Apesar de não ter tido mínimas histórica ou bastante significativas no extremo sul do RS (eixo Bagé - Pelotas para baixo), a massa polar desta semana sem dúvida foi muita bela na região e proporcionou dias bastante frios. Houve neve em flocos em Pelotas (misturado com chuva) pela primeira vez desde 1994, além de alguns registros fantásticos que eu, @Gabriel Cassol, @Fernando Rafael e @Diulio Patrick fizemos em Pinheiro Machado nos dias mais gelados dessa massa polar. Dia 4 e 5 de julho Chegamos lá na noite do dia 04/07 (quinta-feira) e nos hospedamos na estância da dona Marta Voltan, uma amiga com propriedade na serra dos Veledas (vizinha a propriedade onde a estação meteorológica está instalada). A temperatura desceu a -2,2ºC no amanhecer do dia 05/07 com rajadas de vento que chegavam a 40 km/h trazendo sensação térmica de -10,2ºC (windchill corrigido) e proporcionando um belo espetáculo de congelamento pela ação do vento além de, claro, uma intensa geada negra na região. Para quem não sabe ventos constantes com temperaturas negativas apesar de atrapalhar a formação da geada normal (geada branca), removem calor da superfície potencializando o resfriamento noturno e proporcionando congelamento significativo das superfícies líquidas ou molhadas expostas ao relento. Também propicia a ocorrência da geada negra, o tipo mais nocivo de geada existente. Após o amanhecer a nebulosidade vinda da costa adentrou e o céu ficou encoberto com temperatura negativa até perto do almoço quando a nebulosidade diminuiu enquanto os ventos aumentava chegando a 55 km/h. A temperatura máxima foi de 4,9ºC. O repórter da RBS de Bagé estava conosco registrando o espetáculo do amanhecer e divulgando para o jornal Bom dia Rio Grande. Link da reportagem: https://globoplay.globo.com/v/7742748/?fbclid=IwAR2gct2SGhAplS3_Rfg5Qy-7gqrVsz7VEv__cRlbm4NqQMdqqN0228rLp8U Vídeo que gravamos: Sobre a neve em Pelotas quem quiser saber tem na nossa página um registro feito pelo Gabriel Cardoso: https://www.facebook.com/sigmameteorologia/videos/648209465685680/?epa=SEARCH_BOX Dia 6 O amanhecer se deu com temperatura mínima de -2,1ºC e rajadas de vento de 35 km/h trazendo novamente sensação térmica de -10ºC. O detalhe foi o nevoeiro que se formou as 4 da manhã e durou até as 9 horas proporcionando sincelo na região. O sincelo ocorre quado o nevoeiro se forma em ambiente com temperaturas negativas (tipicamente entre -2/-8ºC), durante algumas horas e com a presença de ventos constantes para que as gotículas em suspensão possam se congelar ao entrar em contato com as superfícies resfriadas depositando-se sobre estas superfícies. Em princípio não imaginávamos que esse tipo de fenômeno pudesse ocorrer na região, foi uma surpresa e tanto. A água jogada sobre a cerca da propriedade rural foi congelada e novamente açudes, poças e lagos de águas paradas congelaram. Vídeos do sincelo Fotos do sincelo Congelamento Dia 7 A noite deixamos o topo e fomos para baixada do Passo da Olaria, na propriedade da dona Nanci de Freitas e do seu Acir Vieira. A baixada negativou as 18 horas e 27 minutos e meia noite já estava com -6ºC. No dia seguinte amanheceu -8,0ºC com geada severa. Poderia ter caído um pouco mais se tivesse secado na tarde anterior e se tivesse estabilizado nos topos desde final da tarde (foi estabilizar por volta das 21 horas). Todavia é uma marca belíssima que nos deixou radiantes e proporcionou registros de tirar o fôlego. Teve inclusive registro de pipkrake ou needle ice (agulhas de gelo). O pipkrake é um fenômeno que ocorre quando a temperatura do solo (abaixo da relva) está acima de 0°C e a temperatura do ar imediatamente acima do solo está abaixo de 0°C. A água líquida subterrânea é trazida para superfície por ação capilar, onde congela e forma uma crescente coluna de gelo parecido com uma agulha. Geralmente se forma quando a temperatura do ar fica próxima ou abaixo de -5°C. A temperatura da relva chegou a -12ºC. Galerinha corajosa Na nossa página Sigma Meteorologia tem outras informações sobre essa massa polar na região. É isso aí pessoal, espero que tenham gostado.
  23. 28 points
    Hoje à tarde instalei a minha Davis Pro 2 no Sertão do Ribeirão, em Florianópolis! O local é uma vilazinha encravada num buraco a 120 metros de altitude, cercada pelos morros do sul da Ilha que passam dos 300 m. A tendência é que tenha as melhores mínimas de Floripa, além de ótimas médias de inverno, com máximas excelentes. O dono do Sítio Hortêncio, onde instalei a estação, comentou que "cai" geada todo ano por lá. Mesmo ano passado, que foi péssimo de frio na Ilha, ele comentou que houve geada fraca. Estou muito ansioso pros dados desse local! Quem sabe pintam neste ano as primeiras negativas de Florianópolis... Fica ali:
  24. 28 points
  25. 28 points
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.