Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 01/06/21 in all areas

  1. 18 points
    Boa chuva! Achei curioso: baCuriti ➡️ Curitiba
  2. 14 points
    Chuva hoje chegou aos 101,4mm, 2021 começando bem.
  3. 14 points
    Noite quente em grande parte de São Paulo. Grande parte das estações do CGE registram temperaturas entre 23 e 26 graus. Já no extremo sul, está mais agradável com temperatura em torno dos 20 graus. Radar de São Roque mostra algumas áreas de chuva que atingem locais como: largo do litoral, extremo sul do estado, baixada santista e o leste da Grande SP.
  4. 13 points
    Obrigado a todos pelas correções e pela aula, já corrigi no primeiro post. Essa é a primeira vez que vejo um sistema como esse aqui na capital mineira e estava bem visível. Apesar do relevo acidentado da cidade atrapalhar um pouco, consegui um dos inúmeros mirantes naturais do município (=morro) para fazer os registros. Como o sol apareceu mais hoje que nos últimos dias, a temperatura subiu bem e chegou aos 30,3C. Este calor, provavelmente, deve ter contribuído para a formação da super célula. O que falta para se formar um tornado? Como falaram, creio que o relevo inconstante da região seja um empecilho. A população de forma geral não observa nada disso e eu era o único a ver "algo diferente" no céu por onde andei. Fico bem feliz de ter testemunhado tal formação e contribuído com fotos para seu registro. Logo após, antes de anoitecer, chuvas e um céu absolutamente alaranjado na capital: Um abraço a todos.
  5. 12 points
    Pancadinha muito boa agora em Bacuriti. Aluviou bem o calor. Ocorreram algumas rajadas mas nada demais. 20210105_221146.mp4 E pelo visto vem mais!
  6. 12 points
    Hoje até ao meio dia foi de chuvas fracas, depois o sol saiu a e máxima chegou aos 26°. Desde fim de tarde houve algumas fortes pancadas de chuva. Chuvas se aproximando por volta das 18h: Nuvem baixa por volta das 19:30:
  7. 11 points
    Boa noite, ceu por volta das 15:20 em Friburgo... pena que ficou só na ameaça e não choveu no meu bairro, apenas trovoadas e a temperatura pouco caiu (na hora da foto a temperatura estava próximo dos 29 graus). No momento, 22:00 ainda faz calor, faz 21 graus aqui em casa e a mínima foi de 16,9°C antes do amanhecer.
  8. 10 points
    Até o otimista Weather Channel chutou o pau da barraca e dentro dos próximos 9 dias, só sinaliza chuva apenas para um.
  9. 10 points
    Pancadas vão e voltam de forma muito rápida, agora segue chuva mais fraca, temperatura despencou para 23°C, que com o vento dá uma boa sensação de frescor. Apesar disso, o interior da casa segue muito quente. Como não gosto muito de ar-condicionado, ponho as vezes o ventilador na janela para circular o ar mais frio externo, mesmo assim acho que hoje não será suficiente. Foram duas pancadas boas, até agora o acumulado é de 7,2mm. Alguns trovões foram até bem altos e muitos dos raios que observei era intra-nuvem. Aqui pegou uma parte desse ramo mais intenso (figura abaixo), do segundo núcleo que passou pela região. A chuva caiu bem forte sobre o Tietê.
  10. 10 points
    Peguei essa chuva na estrada entre Brusque e Itajaí, mas no percurso variou de fraca para moderada intensidade. Também peguei pancadas no trajeto Blumenau x Brusque, e nesse trajeto há alguns buracos na pista que fizeram poças d'água, deixando as coisas um pouco perigosas. Agora, 24°C e 93% de umidade. Está abafado.
  11. 10 points
    Incrível mesmo as imagens desse Mesociclone, com belo registro do @LeoP. Deixo essa imagem aqui explicando o sistema. Não conhecia esses termos FFD e RFD. O legal aqui do BAZ é o aprendizado diário. Pelas imagens foi um mesociclone bem típico, só faltou o tornado (ainda bem, talvez). RFD --> Rear Flank Downdraft FFD --> Forward Flank Downdraft Imagem tirada da Wikipedia
  12. 10 points
    ONTEM CHEGOU A FORMAR UMA NUVEM AQUI EM BONIFÁCIO, QUE ACHEI QUE ERA UM MESOCICLONE. TAMBÉM MEIO QUE TIREI FOTOS É VAZEI PRA DENTRO DE CASA. POIS LOGO VEIO A CHUVA E O VENTO (MAIS VENTO QUE CHUVA). Não enviei porque fiquei na dúvida mesmo. E NÃO dá pra ver bem, pois quando achei Campo mais aberto a chuva já despencava. Mas no radar chegou até aparecer a rotação.
  13. 10 points
    Isso é um BAITA mesociclone. No vídeo pega bem o mesociclone e o downburst.
  14. 9 points
    E a situação até o dia 21 de janeiro não é das melhores, com Ceará e vários estados do leste do Nordeste compondo a área mais seca do BR até essa data. O interessante é que janeiro de 2021 tem exatamente o mesmo calendário de janeiro de 2016, aí as datas vão chegando e fico fazendo um retrospecto do que aconteceu naquele mês. Nessa mesma próxima sexta, 8 de janeiro, em 2016, começavam as chuvas. Neste ano, talvez comece um longo veranico.
  15. 9 points
    Chuva à vista!! Alguns relâmpagos a NW e as estrelas desaparecendo totalmente agora. Muito próximo daqui as Cbs.
  16. 8 points
    kkkkkk Nunca tinha reparado nisso! Separadas por um "ba". Só que uma tem 890 habitantes e a outra é capital.. mas muito próximas, só não vê quem não quer!
  17. 8 points
    Boa noite! Novas formações pipocam pelo nororeste paulista, região de Buritama, Promissão, Bonifácio e Rio Preto. No oeste do estado segue com bastante instabilidade. O dia foi muito quente de sol rachando, já começamos com 20,1°C e por volta das 14:00 verifiquei 32,6°C. Pouquíssimas nuvens denotando esse ar mais seco e nenhuma formação mais desenvolvida, com esse ar subsidente do vórtice que já vai se afastando. A previsão para essa semana não é muito animadora, há previsão de chuva amanhã e quinta porém os volumes são modestos, provavelmente chuvas de caráter mais isoladas.
  18. 8 points
    Encontrei uma Davis Vue em uma baixada totalmente fechada na Espanha, a cerca de 1300m de altitude, nesse momento ela está tendo a menor mínima já registrada (-19,4C e ainda são 23:45), com o efeito baixada, e atuação de mp. O link para acompanhar: https://www.wunderground.com/dashboard/pws/IVEGAD1 Segundo a atualização do euro, muito mais frio é previsto na semana que vem na região, mas antes disso, o evento de muita neve está sendo esperado, vamos ver se não flopa... Já na região de Bolzano, Itália, muito frio está sendo previsto a partir de amanha, euro chega a dar entre -15C e -17C, algo que não ocorre todo ano nessas baixadas dos alpes Italianos, ainda mais se tratando de locais abaixo de 300m de altitude. Na região da Baviera, euro aponta um resfriamento mais normal de todo inverno (Mínimas na casa dos -10/-11C em Munique, mas deve fazer menos nas estações de baixada, principalmente mais próximas dos alpes) Já Moscou, o frio previsto na 12z de ontem foi jogado para o fim da grade...é, os Russos também passam por isso 😂
  19. 8 points
    O granizo tem se tornado quase diário na capital e RMBH desde o reveillon, alguns dias bem isolados como hoje, outros em uma quantidade maior de bairros, como no dia 01. Porém, em todos os casos, trata-se de granizo miúdo, associado a tempestade de verão, sem causar grandes estragos no choque com as superfícies. Hoje a RMBH teve um típico dia de verão (DJF) em sua versão mais ensolarada: o sol apareceu entre nuvens ao longo do dia e, a partir das 16h, nuvens mais carregadas foram avançando (ou se formando aqui mesmo) e trouxeram chuvas, raios e trovoadas em alguns pontos da capital e cidades vizinhas. Aqui na Pampulha, esse sistema chegou na forma de uma chuvinha fraca e passageira ao anoitecer. Daqui de casa, foi possível ver o desenvolvimento dessas nuvens que descarregaram tempestades em Contagem e parte de BH: No fim da tarde, essas nuvens evoluíram para um belíssimo mesociclone de super célula (editado conforme correção dos colegas), que foi vista em vários pontos da cidade. Uma imagem dela inteira: Mais de perto, é possível notar os detalhes dessa formação belíssima! Como ponto de referência, o estádio do Mineirão encontra-se atrás de mim: Ainda mais de perto, a precipitação desta nuvem. Os detalhes desta nuvem fizeram valer muito a pena a caça pelo melhor ângulo e quase 1h30 por conta de observar a tempestade: OBS: eu não entendo NADA de nuvens e fenômenos atmosféricos perto de muitos aqui. Eu falei shelf cloud mas agora sei que trata-se de um mesociclone de super célula, rs. PRIVILÉGIO!!!
  20. 7 points
    Na cidade de São Paulo, hoje também foi o 1º dia do ano em que as estações oficiais chegaram e passaram dos 30°C. O dia foi de sol, sempre com nuvens mas em menor quantidade do que nos últimos dias e... abafado como sempre. Só à tarde, como de praxe no verão, houve aumento na nebulosidade com cumulus bem desenvolvidos. Precipitações mesmo só na zona sul, com a passagem de áreas de chuva que pegaram a cidade meio que de raspão. Os acumulados não foram grande coisa dentro do município de Sampa. O maior valor nas estações do CGE foi 11,5 mm em Barragem (Parelheiros). Mirante: 18,9°C / 30,6°C (Umidade relativa mín.: 38%) Interlagos: 18,9°C / 31,4°C (UR mín: 45%) IAG: 18,5°C / 31,8°C (UR mín: 47% [Horária]) Ao que tudo indica, pelo menos os próximos 3 dias ainda devem continuar quentes.
  21. 6 points
    Eu procurei pelo fórum se alguém já tinha falado sobre isso. Na Venezuela, existe um lugar nas proximidades do Lago Maracaibo em que uma tempestade ocorre no mesmo lugar até quase 160 dias no ano. Chamam, em espanhol, de Relámpago del Catatumbo. No wikipedia eu vi que o primeiro registro (europeu) da tempestade foi por Alexander von Humboldt, em 1826. Coloquei europeu entre parentesis porque me pergunto se há algum tipo de registro ou mitologia associado por povos da região. De qualquer modo, essa tempestade itermitente já existe faz bastante tempo. Do wikipedia também: It originates from a mass of storm clouds at a height of more than 1 km, and occurs during 140 to 160 nights a year, 10 hours per day and up to 280 times per hour. https://en.wikipedia.org/wiki/Catatumbo_lightning
  22. 6 points
    Surto de tornados no oeste da Europa, nos países França, Bélgica e Países Baixos (Holanda) nos dias 24 e 25 de junho de 1967. Foram registrados pelo menos 7 tornados, todos de intensidade significante. O tornado mais violento foi um F5 que ocorreu em Palluel, na França. Não se descarta outros tornados terem atingido mais locais. Fonte: ESSL (European Severe Storms Laboratory)
  23. 6 points
    Impressionante a possível "super célula" q se formou sobre a região de BH mostrada pelo @LeoP. Eu não tinha idéia de q esses sistemas tão bem organizados fossem vistos longe das regiões subtropicais e temperadas (latitudes médias). Aki registrei formações Cumulonimbus bem desenvolvidas mas q atuaram fora dos limites do município. Nenhuma novidade...
  24. 6 points
    Depois de 11 dias sem chuva nessa noite voltou a cair alguma coisa no meu pluviômetro: um grilo! Já são 26 dias sem nenhuma chuva acima de 3 mm aqui. Vegetação já está bem murcha por conta da falta de chuva. Na cidade a situação está um pouquinho melhor pois teve 7 mm no Natal e a chuva do dia 10/12 foi mais forte. A esperança de fechar janeiro, pelo menos perto da média, está nas chuvas previstas para semana que vem, mas está longe ainda. Tudo pode mudar.
  25. 5 points
    No que diz respeito ao Rio de Janeiro, é impossível calcular médias fidedignas destas estações (com exceção da antiga convencional do Centro, mas ressaltando que os registros do Inmet na Praça Mauá/Saúde começaram em 2002 e terminaram em 2017). O Alto da Boa Vista tem dados relativamente completos (algumas falhas, numa escala menor), mas na página do Inmet há meses faltando na maioria dos anos, o que também prejudicaria o cálculo das médias. O número de meses com dados incompletos ou completamente sem dados pluviométricos é grande demais nas nossas automáticas, de forma que a média derivada destes dados incompletos acaba distorcendo a realidade. Calcular médias pluviométricas de estações automáticas do Inmet é uma perda de tempo, em mais de 90% dos casos. No caso da Vila Militar, estação que acompanho de perto desde 2008 (atualizando e controlando a qualidade dos dados mais de uma vez por semana), estes são os meses com dados pluviométricos ausentes ou incompletos: Outubro de 2008 Novembro de 2008 Dezembro de 2008 Janeiro de 2009 Fevereiro de 2009 Novembro de 2009 Dezembro de 2009 Janeiro de 2010 Março de 2010 Abril de 2010 Janeiro de 2011 Fevereiro de 2011 Março de 2011 Outubro de 2011 Novembro de 2011 Abril de 2012 Maio de 2012 Junho de 2012 Julho de 2012 Dezembro de 2012 Janeiro de 2013 Fevereiro de 2013 Março de 2013 Abril de 2013 Maio de 2013 Agosto de 2013 Setembro de 2013 Dezembro de 2013 Maio de 2016 Junho de 2016 Agosto de 2016 Outubro de 2016 Abril de 2017 Maio de 2017 Junho de 2017 Julho de 2017 Outubro de 2017 Outubro de 2020 Novembro de 2020 Dezembro de 2020 Vejam que num período de 13 anos (2008/2020), ou 156 meses, nada mais nada menos que 40 meses (quase 26%) estão com dados ausentes ou incompletos, e olha que a situação de muitas estações automáticas pelo Brasil é ainda pior. Houve uma melhora a partir de 2014 (somente os anos de 2014, 2015, 2018 e 2019 estão com dados completos), mas ainda está longe do ideal. A maior parte das lacunas em 2016 e 2017 resultou de falhas na transmissão dos dados, enquanto entre 2008 e 2013 o entupimento/falha do pluviômetro foi a principal causa de perda de dados. Em 2020, um problema na bateria solar foi responsável pela lacuna nos dados entre outubro e dezembro. Dentre os meses com dados incompletos na Vila Militar, estão janeiro de 2013 (o mais chuvoso do século XXI nas estações mais próximas), dezembro de 2013 (evento de chuva diária entre 150 e 200 mm em estações próximas entre 10 e 11), e os também muito chuvosos dezembro de 2009 e março e abril de 2010. Não acompanho os dados da estação do Forte de Copacabana de perto (até pela localização inadequada para os registros de temperatura, ao lado de um costão rochoso e com vegetação baixa), mas sei que igualmente sofreu com entupimento do pluviômetro e falhas na transmissão dos dados várias vezes. Com certeza há falhas em algumas outras capitais também, como por exemplo no caso de Aracaju, onde as precipitações foram superestimadas durante parte da década de 1960 (o que empurrou as médias da época para cima), e há algumas falhas no século XXI que parecem ter deixado as médias mais recentes um pouco abaixo da realidade.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.