Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 07/16/19 in all areas

  1. 9 points
    Muito interessante esta próxima mp, chega em alagoas na tarde de quinta e na sexta olhem que interessante, os ventos dela pegam Piauí e Ceará. Não tinha me atentado a isso nas outras mps, mas achei bem interessante:
  2. 7 points
    Igarka - Krasnoyarsk Krai Latitude: 67.47 Longitude: 86.57 Altitude: 20m Período: 1936 - 2019
  3. 5 points
    Temperatura abaixo de 5ºC em Guarapuava nesta manhã. Será um belo dia invernal😄
  4. 5 points
    Imagina o skyline de Cwb com o topo da serra do mar todo branco :O (mountain forecast pro Pico Paraná)
  5. 4 points
  6. 4 points
    Que julho, meus amigos! Iremos dos 16-28 amanhã para 8-20 na sexta. Dessa vez a massa polar vem trazendo umidade, espero períodos nublados, vento constante e chuviscos até semana que vem. Além de forte, mais um sistema persistente por aqui. Realmente, BH está tirando o atraso nos últimos anos.
  7. 4 points
  8. 3 points
  9. 3 points
    16 DE JULHOS. NEVE EM 2000 E CHUVA CONGELADA EM 2010, NEVOU DIA 17
  10. 3 points
    Frente fria trazendo um pouco de chuva no leste de SP. Pelo radar, a área de chuva é extensa, embora de fraca intensidade. Já em relação às temperaturas, temos no momento, entre 14 e 18 graus. Estações - CGE
  11. 3 points
    Sim, e essa de São Paulo inclusive foi a maior chuva em uma capital estadual no mês até o momento. São Paulo se destaca pela chuva acumulada este ano até agora, faltando apenas 357,1mm para alcançar a média anual(e a média no período agosto-dezembro é em torno de 600mm), ou seja, se chover isso ou mais, São Paulo pode terminar com mais de 1800mm de chuva, sendo um dos possíveis anos mais chuvosos da década. São Paulo foi, inclusive, a primeira capital a já atingir a média de chuva de julho. E é a terceira capital mais chuvosa neste mês(atrás apenas de Boa Vista e Aracaju, e a frente de todas as demais do Norte-Nordeste). Ah, falando em chuva, olha a previsão de chuva do CFS em agosto(última saída disponível). Se isso se confirmar, agosto será o mês mais seco do ano em São Paulo.
  12. 3 points
    Darley, me desculpe pelo post longo mas acho muito importante resgatar estes dados num momento em que o INMET está sendo meio que sucateado. Segue minha resposta para suas perguntas muito pertinentes: O forte calor de fevereiro de 1966 depois do janeiro extremamente chuvoso também me chamou a atenção (a chuva de 02/66 nem foi tão pouca e alcançou 97,7 mm, mas veio concentrada em poucos dias, indicando que o sol predominou, e isso é uma característica comum a quase todos os meses de verão com calor acima da média no RJ). Tudo indica que a temperatura da superfície do mar estava mais alta que o normal no litoral do estado ao longo do verão, e isso deve ter contribuído tanto com as chuvas de janeiro quanto com o calor de fevereiro (sob padrões atmosféricos diferentes). O calor de 02/1966 foi mais anômalo em áreas costeiras que no interior da cidade e do estado, o que indica também um provável enfraquecimento da brisa do mar e maior duração do vento terral (menor pressão sobre o mar?). Sim, no centro da cidade e em grande parte das zonas norte e oeste isso nunca foi registrado, mas o Rio de Janeiro tem bairros onde não só chove mais de 2000 mm por ano com relativa frequência como há até uns 3/4 bairros e sub-bairros com média anual acima ou bem acima desse valor, sendo o Alto da Boa Vista justamente o bairro mais chuvoso da cidade (mas nas encostas desabitadas em volta do bairro e nas altitudes do maciço da Pedra Branca, ambos 100% dentro do município do Rio, chove ainda mais). O Alto da Boa Vista (1967/2019) tem média mensal acima de 100 mm em todos os meses, nunca registrou menos de 1400 mm por ano e já chegou a quase 3800 mm em 1998. Outras áreas da cidade bem mais chuvosas que o Centro (lugares estes com média inferior a 2000 mm, mas onde não é nada incomum o acumulado anual superar este valor) incluem o Jardim Botânico, a Tijuca e a região de Vargem Grande (entre outras). A região do Alto da Boa Vista também detém o recorde de chuva mensal da cidade do RJ: 967,7 mm na estação pluviométrica do INEA na Capela Mayrink em 02/1988 (a estação do Alto/INMET certamente se aproximou dos 1000 mm neste mês também, mas o registro que consta é de 785 mm por estar faltando o total do dia mais chuvoso (20/02), quando vários deslizamentos deixaram o bairro isolado e causaram destruição em parte da cidade). As maiores chuvas diárias registradas pelo INMET no Alto da Boa Vista (uma observação por dia, horário fixo) curiosamente foram separadas por apenas um mês: 327,2 mm em 12/03/1998 e 310,7 mm em 12/02/1998. A já desativada estação INMET do Engenho de Dentro (bairro que em média não é particularmente chuvoso) registrou 349,4 mm no dia 26/02/1971, recorde oficial da cidade; e no mesmo dia estações INMET também já desativadas nos bairros da Penha e de Bangu registraram seus recordes absolutos de chuva diária (347 mm e 246 mm, respectivamente). Santa Cruz (estação ainda ativa no extremo oeste da cidade) registrou 190,6 mm em 26/02/1971, e este apesar de ser um valor modesto para os padrões cariocas também é o recorde absoluto para o bairro desde 1922, quando a estação foi aberta. O temporal de 25-26/02/1971 também trouxe 284 mm no dia 26 para o Alto da Boa Vista, mas foi bem mais fraco no centro e zona sul, onde os totais diários máximos variaram de 60 a 140 mm . Os recordes mensais de Bangu e Santa Cruz (as duas estações mais longevas do INMET na cidade exceto pelo Centro; Bangu operou de 1922 a 2004) foram respectivamente de 637 mm em 02/1988 e 634 mm 02/1936. As mínimas sub-10 de fato nunca ocorreram desde o início dos registros diários no Centro em 1882 e também não devem ter ocorrido nos bairros costeiros da zona sul desde a ocupação (fins do século XIX e começo do século XX ), além da orla da Barra ocupada mais na segunda metade do século XX; mas nas demais áreas da cidade elas já ocorreram ao menos uma vez ou outra, e nos locais menos adensados (mesmo ao nível do mar) como Vila Militar e Jacarepaguá (automáticas) ocorrem até os dias de hoje; as últimas mínimas oficiais abaixo de 10ºC na cidade ocorreram em junho de 2016 no Alto da Boa Vista e na Vila Militar. O recorde de frio da cidade é de 4,8ºC no Campo dos Afonsos em 07/1926, o recorde de Bangu chegou a 6,4ºC em 07/1923 e foi igualado em 08/1933 (onde a última sub-10 foi em 2000), o Alto da Boa Vista registra sub-10 quase ano sim/ano não, com recordes como 6,7ºC em 06/1994, 7,1ºC em 07/2000 e 8,1ºC em 09/2006. Santa Cruz INMET, num topão, registrou seu recorde (e última sub-10) em 01/06/1979 com 9ºC, mas no mesmo dia a base aérea de Santa Cruz num ponto mais plano foi a 7ºC. Realengo INMET (estação auxiliar recente, desde 1999 só) registrou sua última sub-10 em 09/07/2011 com 9,6ºC, mesmo dia do recorde na automática da Vila Militar instalada em 2007 (8,1ºC).
  13. 3 points
    Em uma semana aqui foi de uma mínima negativa para uma máxima de 29,2°C no dia de hoje. Gigantesca amplitude térmica. Bom, não estou triste que o calor voltou rápido pq veio uma mínima negativa depois de quase 20 anos. 5 menores mínimas absolutas de 2000 para cá: 1. -0,6 (2000) 2. -0,5 (2019) 3. -0,4 (2000) 4. 0,0 (2011) 5. 0,2 (2009) e (2016) Os últimos três invernos (2016, 2017 e 2018) foram relativamente bons a excelentes para cá por diferentes motivos. Não temos o que reclamar depois dos invernos dos anos de 2014/2015. Essa próxima MP q vem vai trazer mínimas e máximas um pouco abaixo da média para cá até o dia 23. A esperança de algo muito bom agora é essa MP depois do dia 25, quem sabe até a segunda MP do ano mais potente para cá.
  14. 2 points
    Nesse momento temos garoa forte aqui na ZS , teto baixo . As 11 h Sesc Inmet tinha 13.8 graus , a máxima hoje será de 17.5 graus q foi registrado as 0 h UTC .
  15. 2 points
    Pré frontal atuando em BH. Temos 22oc as 9.50 da manhã. Temperaturas devem cair amanhã por aqui! Frente fria e mp atuando em Poa 8oc , Cwb 11oc , Fln 14oc, Sp 17oc. Bsb e rio com 21oc e 23oc respectivamente.
  16. 2 points
    Wallace Rezende, o Inmet parou de fazer os boletim climatológicos mensais a partir de fevereiro de 2019, com dados gerais climatológicos de todo o Brasil.Os boletins mensais foram criados nos anos 60, acho que 1967.
  17. 2 points
    Finalizando, o Alto da Boa Vista é particularmente favorecido pela chuva orográfica e registra grandes volumes de chuva até na "estação seca", que essencialmente não existe por lá; alguns recordes mensais para os meses menos chuvosos em média: Junho: 371,8 mm em 2017 (incluindo 88,2 mm em 20/06 e 213,8 mm em 21/06, mas no Morro da Formiga Cemaden choveu mais de 300 mm em 24 horas nesta ocasião). Julho: 494,7 mm em 2004 (recorde diário em 2010 com 150 mm no dia 17 e 92,8 mm no dia 18, e até 300 mm em 48 horas no Itanhangá Alerta Rio também em 07/2010). Agosto: 393,8 mm em 2003 (com 135 mm no dia mais chuvoso). Setembro: 543,9 mm em 2005 (dois dias deste mês superaram os 100 mm, mas não em sequência).
  18. 2 points
    Mas vale lembrar que quem puxou o coro da outra vez foi o gfs, e o europeu tava bem conservador no começo.
  19. 2 points
    SITUAÇÃO DA CHUVA DE JULHO NAS CAPITAIS ATÉ 15/07: Porto Alegre: 46,3mm Florianópolis: 27,4mm Curitiba: 9,6mm São Paulo: 146,1mm Rio de Janeiro: 10,8mm Belo Horizonte: 0 Vitória: 0,5mm Campo Grande: 35,6mm Cuiabá: 0 Brasília: 0 Goiânia: 0,2mm Rio Branco: 53,2mm Porto Velho: 0 Manaus: 97,9mm Boa Vista: 202,5mm Belém: 75,9mm Macapá: 88,8mm Palmas: 0 São Luís: 47,5mm Teresina: 0,8mm Fortaleza: 36,9mm Natal: 86,1mm João Pessoa: 119,3mm Recife: 107,2mm Maceió: 108,1mm Aracaju: 304,4mm Salvador: 131,2mm Observações da primeira quinzena: -7 capitais já acumularam mais de 100mm nesse período(e São Paulo tem o azar de estar nessa lista, junto com Boa Vista e as capitais da Costa Leste do Nordeste(com exceção de Natal); -Maior acumulado de chuva em 24h nas capitais no período foi em... São Paulo!!(123,6mm); -As capitais São Paulo, Manaus, Rio Branco e Aracaju já ultrapassaram a média de chuva de julho.
  20. 2 points
    Normais longas para o Centro do Rio de Janeiro, a mais longa série pluviométrica contínua do Brasil até onde eu sei. Informações importantes: 1- As médias de temperatura são para o período de 1973 a 1991, quando a estação do INMET funcionou na Marina da Glória (ainda na área do centro, ao lado do aeroporto Santos Dumont). 2- As médias de precipitação são para o período 1981-2010, incluindo Marina da Glória, aeroporto Santos Dumont e Saúde (todos os pontos de observação ficam na área do centro, com médias pluviométricas muito similares). 3- As temperaturas extremas são para o período 1882-1991 (pegando diversas localizações no centro como Morro do Castelo, Ponta do Calabouço, Praça XV e a própria Marina da Glória; mas todos os locais são próximos, inseridos em microclimas muito parecidos e com exposição satisfatória dos instrumentos). Entre 1992 e 2001 não houve estação do INMET no centro da cidade, e não foram utilizados dados da mais recente estação do INMET na Saúde (2002/2017) por exposição inadequada do abrigo em terraço pouco ventilado e mesmo pelo microclima ser mais quente naquela parte do Centro (independendo da exposição dos instrumentos de medição). 4- Os dados de precipitação diária são para o período 1882-2019 (após o fechamento da estação na Marina da Glória em 1991, foram utilizados dados do aeroporto Santos Dumont entre 1992 e 1996 e da Saúde (sub-bairro do centro, dados INMET e Alerta Rio) entre 1997 e 2019. 5- Os dados de precipitação mensal e anual são para o período 1851-2018, pegando desde as observações pioneiras do Observatório do Rio de Janeiro (Morro do Castelo) até a atual estação Saúde do Alerta Rio, e o total de meses sem dados neste período de 167 anos não passou de 3. Informações adicionais: Maior temperatura: 39,1ºC (06/01/1949) Menor temperatura: 10,2ºC (01/09/1882)* *Não foi possível atestar a confiabilidade deste dado, caso esteja errado o segundo menor registro foi de 10,9ºC em 26/06/1918. Maior precipitação anual: 1820,7 mm em 1966 Menor precipitação anual: 575,8 mm em 1984 Maior precipitação mensal: 617,6 mm em janeiro de 1966 (grande enchente, 200 mortes na cidade e mais de 400 no total incluindo municípios vizinhos) Maior precipitação diária: 237 mm (11/01/1966) Maior temperatura média mensal: 28,8ºC (02/1966) Menor temperatura média mensal: 18,2ºC (07/1925) Maior média das máximas: 33,5ºC (02/1966) Menor média das mínimas: 14,2ºC (07/1923)
  21. 2 points
    Sinope/Sinop - Karadeniz Bölgesi/Black Sea Region Latitude: 42.03 Longitude: 35.16 Altitude: 32m Período: 1982-2019
  22. 2 points
    Aí vão duas estações da Eslovênia, uma na parte baixa e outra nas montanhas : Nova Gorica Latitude: 45.9 Longitude: 13.63 Altitude: 56m Período: 1996-2019 Kredarica/Triglavski dom na Kredarici Latitude: 46.38 Longitude: 13.85 Altitude: 2515m Período: 1996-2019
  23. 2 points
    Algumas normais que tenho aqui: Todas normais no período 1981/2010 + extremos do período de dados Fargo, ND Latitude: 46.92 Longitude: -96.81 Altitude: 274m Período: 1881 - 2019 Bismarck, ND Latitude: 46.78 Longitude: -100.75 Altitude: 503m Período: 1874 - 2019 Duluth, MN Latitude: 46.83 Longitude: -92.18 Altitude: 429m (estação/aero, cidade 214m) Período: 1871 - 2019 Minneapolis, MN Latitude: 44.88 Longitude: -93.22 Altitude: 266m Período: 1871 - 2019 Sioux Falls, SD Latitude: 43.57 Longitude: -96.75 Altitude: 435m Período: 1893 - 2019 Aberdeen, SD Latitude: 45.44 Longitude: -98.41 Altitude: 395m Período: 1893 - 2019 Pierre, SD Latitude: 44.38 Longitude: -100.28 Altitude: 531m Período: 1893 - 2019 Lincoln, NE Latitude: 40.85 Longitude: -96.74 Altitude: 363m Período: 1887 - 2019 Grand Island, NE Latitude: 40.96 Longitude: -98.31 Altitude: 561m Período: 1896 - 2019 Goodland, KS Latitude: 39.36 Longitude: -101.69 Altitude: 1114m Período: 1895 - 2019 Wichita, KS Latitude: 37.64 Longitude: -97.43 Altitude: 403m Período: 1887 - 2019 Des Moines, IA Latitude: 41.53 Longitude: -93.65 Altitude: 292m Período: 1878 - 2019 Glasgow, MT Latitude: 48.21 Longitude: -106.62 Altitude: 697m Período: 1893 - 2019 Lexington, KY Latitude: 38.04 Longitude: -84.60 Altitude: 299m Período: 1872 - 2019 Little Rock, AR Latitude: 34.72 Longitude: -92.26 Altitude: 79m Período: 1875 - 2019
  24. 2 points
    Søndre Strømfjord / Kangerlussuaq Latitude: 67.01 Longitude: -50.68 Altitude: 50m Período: 1941 - 2019
  25. 2 points
    São Joaquim, SC (Inmet/Convencional) Aberta em: 01/08/1954 Latitude: -28.3º Longitude: -49.93º Altitude: 1415 metros *Há um registro de 28,6° em 22/07/1958, o qual eu optei por não considerar.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.