Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation on 02/11/19 in all areas

  1. 7 points
    Tempestades severas entre o noroeste e centro-oeste do PR hoje no final da tarde.
  2. 4 points
    Saída do GFS 18Z vem trazendo uma baixa aprofundando na costa do Sudeste, e indo em direção ao mar. Pelo diagrama, seria um sistema de núcleo quente (portanto subtropical), porém, assimétrica (acompanhado a um sistema frontal). Nesse cenário, não teríamos nomeação.
  3. 3 points
    Boa noite! Hoje tivemos um dia de sol, céu com algumas nuvens e novamente bastante calor em Buenos Aires. A mínima nao foi tao alta devido à calmaria de madrugada, com 21,8°C, mas à tarde chegamos a 35,3°C com sensacao térmica acima de 38°C! Agora segue um forno: 31°C e sensacao térmica de 34,1°C. A URA é de 57%, temos vento oeste a 4 km/h e chama a atencao a pressao, que está em só 998,3 hpa. Por enquanto, nem sinal de chuva. Pelo contrário, temos céu limpo. O tempo comecaria a virar de madrugada, com possibilidade de chuvas, algumas fortes e vento mudando para sul e ganhando intensidade. Durante o dia, céu parcialmente nublado ou nublado. A temperatura desaba, com mínima de 18°C e máxima diurna de 23°C (a oficial vai ser de pelo menos 31°C à 0Z, 21h de hoje). O sol nasce às 6h23 e se poe às 19h51.
  4. 3 points
    Depois dos 27 graus na semana passada, a situacao mudou completamente no sul da Argentina e Ushuaia hoje estava assim:
  5. 2 points
    a partir de terça teremos uma semana de chuva e frio em Sao Paulo??? o Baziano pira 💃💃
  6. 2 points
    O GFS vê um cenário similar ao do modelo Europeu, quanto a sinótica em médios/altos níveis..... Um Vórtice Ciclônico com dois sistemas de alta pressão bloqueando. A diferença é que o GFS bota o ciclone em superfície numa outra posição..... Ao que indica, IBA pode está vindo aí.....
  7. 1 point
    Mínima de terríveis e quentes 21ºC na Granja Viana. No momento, 23,6ºC. Aqui dentro, 25,5ºC com 69% de URA, no limite para o DESCONFORTÁVEL..Vestindo bermuda e sem camisetas.
  8. 1 point
    Compreendi. .. Realmente, se pegarmos Jan/19, no que tange TODO BRASIL, é mais marcante que Jan/14, embora, repito, para Sampa, tenha perdido para Jan/14. Mas ressaltemos e não nos esqueçamos de que, a onda de calor de 2014 foi, no computo geral, bem maior e ampla, para o Sudeste, do que esta de agora. O fato da crise hídrica histórica nos reservatórios mata a xarada e fala por si só, explicitando a falta de chuva no Sudeste, sem falar no Janeiros e Fevereiro tenebrosos e infernais...
  9. 1 point
    Noite abafada em Sampa, apenas o extremo sul da cidade que escapa disso tudo. Dentro de casa, infelizmente já voltou a ficar quente. Ainda bem que esse calor está com os dias contados. Estações - CGE
  10. 1 point
    A ultima rodada do Europeu confirmando retorno da chuva no interior da Bahia/Pernambuco/Piauí após o dia 15.
  11. 1 point
    Pelos volumes previstos, o risco de mantém para Itajubá, Piranguinho, Olegário Maciel, Santa Rita do Sapucaí e em menor escala Pouso Alegre. ECMWF dá 90-100mm em 24h para o dia 16, e altos volumes também para cidades mais pra cima da serra.
  12. 1 point
    Só em alguns dias, Victor. A sensação de incômodo é maior mesmo sob o sol, pois na sombra é quase sempre bem agradável. O sol a 850 metros de altitude judia muito. Sobre as diferenças entre Itajubá e Matão, sem dúvidas. O calor em Matão é muito mais presente em qualquer época do ano, e sempre mais intenso. No inverno, o sol começa a baixar e a temperatura já despenca. É bem comum ter quedas de 10/12°C em menos de 2 horas próximo do pôr do sol, e as noites são mais frias em Itajubá do que em Matão - não tanto pelos extremos, que são parecidos, mas pelo tempo em que a temperatura permanece baixa. Só que da mesma forma que a temperatura cai absurdamente ao anoitecer, a temperatura sobe muito rápido entre as 7 e as 9 da manhã. A estação da Unifei fica no campus, no setor oeste, e é baixada. As mínimas devem ser prejudicadas pelo lago que fica próximo à estação.
  13. 1 point
    Saída 12z do EURO de agora a tarde, cancelou a segunda baixa que poderia se tropicalizar na costa do Sul do país, além de que o Vórtice Ciclônico, foi reduzido a cavado. Com isso dá pra afirmar que a saída 0z foi outlier, por ora.
  14. 1 point
    Itajubá-MG (Unifei) em Janeiro/2019 - 4ª maior média de máximas desde a instalação da estação em abril de 2010; - 4ª maior média de mínimas; - em termos de máxima, só não supera 2015 (aquele foi alienígena, com 8 marcas acima de 34°C e 4 acima de 35°C seguidas) - em termos de média compensada, o 2º mais quente da série atrás apenas de quem? Isso mesmo, janeiro de 2015.
  15. 1 point
    Após janeiro tórrido, fevereiro está nada além de DENTRO DA MÉDIA aqui. Não tem nada demais em termos de chuva ou temperaturas baixas. Desde o fim da onda de calor, tivemos 2 dias encobertos/chuvosos, 4 dias com sol e chuvas isoladas à tarde e 1 dia seco. Esse é o normal pra fevereiro. A segunda quinzena parece que terá chuvas mais generalizadas e constantes e queda mais significativa das temperaturas. Diante disso, pode ser que o mês termine com anomalia positiva nas chuvas e negativa nas temperaturas. É o mínimo depois do janeiro que tivemos, apesar de ser muito improvável uma compensação, ao meu ver. Só de estar dentro do normal já é motivo de comemoração.
  16. 1 point
    A saída do modelo Europeu desta manhã é bastante rara e incomum, e traz ao que tudo indica a formação de um Ciclone Tropical a partir do próximo final de semana. Na animação abaixo, é possível ver a baixa nascendo na costa do estado de São Paulo, e descendo em direção ao sul do país. Na medida que a baixa move-se para sul, ela fica estacionada próxima a costa de SC, e depois segue para alto-mar. Por esta saída do modelo Europeu é possível afirmar com segurança que este sistema atingiria o status de TROPICAL. Em primeiro lugar a baixa é simétrica, isto é, não vem associada a sistema frontal e apresenta núcleo quente, com temperatura em torno de 20ºC no seu centro. Reparem que o pico de ventos ocorre muito próximo ao núcleo, no momento que o sistema fica mais próximo a costa de SC. Isto é um fator primordial e exclusivo de CICLONES TROPICAIS. Sistemas subtropicais, embora tenham núcleo quente, possuem o pico de ventos afastado do núcleo. Pelos os mapas de ventos do Modelo Europeu a baixa atingiria ventos de 80-90km/h, com uma pressão mínima de 995hpas, o que levaria, por esta rodada, a ser classificada como Tempestade Tropical. Outro fator que induz que o sistema seria de característica tropical, e a formação de convecção em torno do núcleo da baixa. Algo que também ocorre em subtropicais, porém é mais típico de sistemas tropicais. Outro fator que chama a atenção nesta saída do EURO, é a configuração em altos níveis durante a formação deste sistema. É possível observar que o modelo sugere a formação de um Vórtice Ciclônico no estado de SC. Este vórtice "empilharia" com a baixa em superfície, o que diminuiria os ventos de cisilhamento (Shear) sobre o leste de SC, o que é um dos fatores para a favorecer a formação de um sistema tropical. Juntamente com este VC, observa-se dois anticiclones, sendo um no Atlântico e outro no Pacífico, servindo de bloqueio para que o VC fique estacionado sobre o sul do país. Este cenário apresentado pelo Euro, É "CLÁSSICO" PARA A FORMAÇÃO DE CICLONES TROPICAIS. Em 2010, na formação da Tempestade Tropical Anita, o cenário em médios/altos níveis foi exatamente o mesmo que o modelo sugere hoje. O VC no sul, com duas altas bloqueando. E em 2004, na formação do Catarina, também foi similar, com a formação do VC em SC. Por todos estes fatores, esta saída do EURO leva a crer na formação de um Ciclone Tropical daqui a 7-9 dias. Vamos acompanhar se as próximas saídas mantém tal cenário, ou é apenas uma saída outlier para ficar guardada nos arquivos deste tópico.
  17. 1 point
  18. 1 point
    Tassio Amaral, que saudade desses pancadões de chuva, novembro e dezembro presenciei algumas dessas chuvas, já se passaram mais de 60 dias que não chove forte aqui. Após a onda de calor fortíssima de janeiro e dos 4 dias de fevereiro, ainda não choveu com trovoadas aqui em Laje do Muriaé.
  19. 1 point
    Uma pena ser só no GFS Estamos precisando de um ciclone para dar uma movimentada!!!!
  20. 1 point
  21. 1 point
    GFS dessa manhã trazendo o ensaio de um Ciclone Subtropical/Tropical se formando, e querendo avançar em direção a costa de SC para após 240 horas. Seria mais um dos delírios do modelo?
  22. 1 point
    2019 ficou em segundo. Aproveito para postar imagem feita no dia 31 de janeiro.
  23. 1 point
    A máxima em SC até agora é em Jaraguá Do Sul com 41,4°C. Vila Lenzi, também em Jaraguá registrou 40,6°C. Nova Trento teve 40,1°C, Guabiruba teve 40,2°C. Timbó tem 40,3°C e Blumenau está chegando a 40.
  24. 1 point
    Microclimas do oeste e noroeste do PR em ação. Destaque para Toledo/Palotina/Cascavel no Oeste e Campo Mourão/Cianorte no Noroeste.
  25. 0 points
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.