Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 04/19/19 in all areas

  1. 18 points
    Saiu a máxima oficial de Curitiba de ontem: 29,9°C Recorde anterior era 29,4°C em 01/05/1995.
  2. 16 points
    Acho que o que realmente choca, não é fazer calor em Maio, ainda mais para a latitude de São Paulo, é perfeitamente normal a ocorrência de alguns dias de calor, os chamados veranicos, mas o que tem sido muito fora do comum, nesse início de outono astronômico, e a quase total manutenção de um padrão climático de verão, com mínimas e máximas acima a muito acima da média, por dias e semanas a fio, sem a entrada de qualquer MP mais significativa... Em outonos ruins de outrora, por mais que o padrão fosse de calor, com máximas absolutas até maiores que nesse Abril/começo de Maio, acontecia alguma entrada de ar frio mais significativo, daqueles que trazem um frio passageiro/vampiresco, no caso desse ano não houve isso, ainda mais vendo o sudeste como um todo. Isso sem falar que não a nenhum bloqueio de ASAS significativo, o tempo predominante é úmido, um padrão bem de final de verão, isso já está completando 2 meses.
  3. 15 points
    E há quem diga que esse show de horrores é "normal", que em 1900 e bolinha já fez algo parecido ... 💤 É normal fazer calor em maio? É. É normal termos uma semana inteira com médias típicas de fevereiro estando a pouco mais de um mês do solstício de inverno? É normal essa bizarrice toda sem que ao menos estejamos sob efeito de uma pré-frontal? Não há sequer bloqueio. E tudo isso após um abril abominável, após um janeiro que figurou entre os meses mais quentes já vistos em parte do centro-sul do país, após um dezembro escaldante, e após um 2018 trágico no Sudeste, um 2017 trágico no Sul, um 2015 trágico pra geral. É UM PESADELO.
  4. 15 points
    E É RECORDE: 23,1°C DE MÍNIMA NO INMET DE SÃO JOSÉ! ULTRAPASSANDO O VALOR DE 22,1°C NOS MAIOS DE 81 E 84. (Período de 1970-2019, antes a convencional ficava no terraço de um prédio, apresentando valores totalmente diferentes e sem comparação com o local atual).
  5. 15 points
    Mais Recordes a caminho no Mirante de Santana?? Madrugada desse sábado teve a 2º maior mínima da história do Mirante de Santana para maio. A Estação Convencional registrou 20,4ºC, em medição as 9h00, somente a 2 décimos do recorde de 1992 para o mês. MAIORES MÍNIMAS MIRANTE DE SANTANA EM MAIO (1961-2019) 20,6ºC 18/05/1992 20,4ºC 04/05/2019 20,1ºC 03/05/1970 20,0ºC 03/05/1989 - 17/05/1992 - 29/05/1992 19,9ºC 28/05/1992 - 03/05/2001 Na estação Automática, os 20,1ºC foi a maior mínima de maio para toda a história da estação, que começou a operar em agosto de 2007.
  6. 13 points
    Imagem histórica e não há previsão de melhora. Não se pode nem jogar fora e dar descarga no Outono, porque nem tivemos um kkkk. Vamos terminar o Outono sem ter começado. A esperança agora fica pro inverno. Enquanto isso mais uma semana de anomalias a quase +4ºC no sudeste e +5ºC no Sul. Fica a imagem para posteridade pra qualquer um que falar de transição em Março.
  7. 12 points
    Cadê o Caco com o Outono desde Fevereiro hehehe ... Para mim ele que zikou o Outono kkk
  8. 12 points
    Para mim, o que está acontecendo de mais preocupante no padrão atual é a falta completa de perspectivas diferentes do que estamos lidando. Está acontecendo a mesma coisa desde o início de Abril: Os modelos antecipando alguma MP mais forte que nos traria um padrão 100% outono, mostrando com +- 7 dias de antecedência a tradicional MP que todos os anos traz essa mudança, e chegando um pouco mais próximo, eles retiram completamente o frio e, pior, mudam a previsão para calor mesmo, que sempre se concretiza. Repito: Não há, até o momento, NENHUM INDÍCIO CLARO de mudança no padrão,o que significa que vamos entrar em Maio com uma dinâmica tipicamente de Março, ou seja, o eterno fim de verão que já dura várias semanas. Chama a atenção, principalmente, as temperaturas mínimas, que estão extremamente acima da média para JF e região para a época em que estamos. Já era para estarmos registrando mínimas sub-15 quase todos os dias, mas a verdade deste ano é que nossa menor mínima é de 15C... O calor moderado é constante, em nada lembra a época que estamos, e vale dizer que nem em 2015 estava tão ruim quanto está nesse outono. Nunca vi nada parecido com isso...está bizarro aqui em JF.
  9. 11 points
    A julgar pelo satélite parece início de outubro.
  10. 11 points
    Simplesmente patético e deprimente eu estar com o ventilador ligado numa noite de MAIO.
  11. 11 points
    SÃO PAULO - ABRIL 2019 Abril ficará marcado por ser um mês quente e chuvoso na Capital Paulista. No Mirante de Santana o mês terminou com anomalias em torno de +1,5ºC, com extremos variando entre 15,6ºC e 32,0ºC. Choveu 80,4% acima da média. Alguns destaques de Abril em São Paulo: - NOVO RECORDE ABSOLUTO de maior mínima para o mês no Mirante de Santana, com mínima de 22,6ºC em leitura noturna da estação Convencional no dia 6. MAIORES TEMPERATURAS MÍNIMAS EM ABRIL - MIRANTE DE SANTANA (1945-2019) 22,6ºC - 06/04/2019 22,4ºC - 02/04/2002 22,3ºC - 03/04/1999 22,2ºC - 03/04/2005 22,0ºC - 01 e 26/04/2007 - NOVO RECORDE ABSOLUTO de maior mínima para o mês no IAG, com mínima com mínima de 21,6ºC em leitura noturna. MAIORES TEMPERATURAS MÍNIMAS EM ABRIL - IAG (1933-2019) 21,6ºC - 06/04/2019 21,2ºC - 15/04/1987 20,9ºC - 02/04/1996 20,8ºC - 07/04/2005 - A máxima de 32,0ºC registrada no dia 04 no Mirante de Santana foi uma das 11 maiores para o mês desde 1961. - Abril 2019 terminará como um dos 5 mais quentes da história do Mirante de Santana, em temperatura média compensada, máxima e mínima média. MAIORES MÉDIAS COMPENSADAS EM ABRIL - MIRANTE DE SANTANA (1945-2019) 23,7ºC - 2016 23,0ºC - 2002 22,7ºC - 1990 22,5ºC - 2001 22,4ºC - 2019 MAIORES TEMPERATURAS MÁXIMAS MÉDIAS EM ABRIL - MIRANTE DE SANTANA (1945-2019) 29,4ºC - 2016 28,6ºC - 2002 28,3ºC - 2001 28,0ºC - 1990 27,8ºC - 1959 e 2019 MAIORES TEMPERATURAS MÍNIMAS MÉDIAS EM ABRIL - MIRANTE DE SANTANA (1945-2019) 19,1ºC - 2002 e 1973 19,0ºC - 2016 e 1990 18,9ºC - 2019 18,7ºC - 2005 18,5ºC - 2001 e 2007 - Abril 2019 terminou como o 7º mais chuvoso, dentre todos os meses de abril, no Mirante de Santana, e sendo o mais chuvoso em 7 anos. MAIORES VOLUMES DE CHUVA EM ABRIL NO MIRANTE DE SANTANA (1945-2019) 204,9mm - 1976 183,0mm - 1950 173,4mm - 1988 169,0mm - 1991 155,9mm - 2012 148,1mm - 2019 147,9mm - 1957 Aqui um resumo de Abril em algumas das outras estações meteorológicas em São Paulo e Região Metropolitana. A Estação de São Mateus voltou a funcionar regularmente a partir do meio do mês, por isso, não farei resumo dela. Reparem que nenhuma das estações conseguiu ter mínima média abaixo de 20ºC nesse Abril, nem mesmo a gélida Marsilac.
  12. 11 points
    Sei que esse é um tópico de monitoramento e não de "reflexão". Mas é engraçado como pouco a pouco as coisas vão convergindo. Na década passada diria que 98% do povo do BAZ era negacionista (inclusive eu). Acontece que, ao contrário dos falsos alarmismos anunciados outrora, hoje vemos as coisas mudando pouco a pouco, às vezes de forma sutil. Eu diria que de uns 7 anos pra cá já houve um certo entendimento e aceitação quanto ao aquecimento. A discussão já nem era mais se tinha ou não GW, e sim como, por que, o quanto e por ai vai... Mas ainda tinha usuários isolados que lutavam contra a maré como o sumido Bruno de POA entre outros, com a argumentação de que Porto Alegre tinha resfriamento global e SP e Curitiba com aquecimento global. Fazia lógica pensar assim, visto que os invernos de POA até então estavam ficando mais frios. Acontece que logo logo esse argumento vai cair por terra, Porto Alegre já está se juntando a turma das mudanças. Hoje da para notar que a grande maioria é favorável a ideia do GW causado pelo homem, embora acredito que a grande maioria discorde do IPCC (inclusive eu). O que me fez mudar de opinião para eu deixar de ser negacionista? 1 - A mesmices argumentações de mais de 10 anos atrás ainda estão sendo replicadas hoje por aqueles que não acreditam no GW ou influência pelo homem. Geralmente a argumentação gira em torno de ciclos naturais e dados isolados antigos que nos fazem confundir EXCEÇÃO pela regra. (eu me agarrava a essas argumentações 10 anos atrás). 2 - Escassez de material científico como contraprova. 3 - Muita opinião pessoal misturado com dados. 4 - Não vejo NENHUM indicativo que as coisas vão voltar como antigamente. Eu concordo que a maioria das matérias que saem por ai sobre mudanças climáticas está cheio de papo furado, mas uma coisa não invalida outra.
  13. 11 points
    Boa tarde a todos. Esse é o meu 1° post nesse fórum que venho acompanhando há um certo tempo mas não tinha se manifestado ainda. Resido em Ponta Grossa/PR, localizada no paralelo 25°S a 975m acima do nivel do mar. Hoje a mínima na cidade foi de 10°C, bem abaixo do previsto pelo modelo Europeu o qual previa que seria 14°C. Me impressiona muito a instabilidades dos modelos de preverem a temperatura em apenas 24hrs. No momento faz 22°C com sol entre nuvens.
  14. 10 points
    INDAIAL TEVE ONTEM A MAIOR MÍNIMA DA HISTÓRIA PRA MAIO: 22,6C !!!
  15. 10 points
    Ontem, a convencional de Porto Alegre teve mínima de 21,4°. É o segundo maior valor para maio desde o início das medições em 1910! Só perde para a mínima bizarra de 22,6° registrada a 28/05/1991, e empata com o valor do dia seguinte, também 21,4°. Hoje a mínima ficou nos 21,0°, se enquadrando no top-6 das mais altas de maio na história.
  16. 10 points
  17. 10 points
    É bem rotineiro a refinaria de Capuava induzir a formação de pirocumulus. Hoje ela caprichou, parecia um cogumelo atômico.
  18. 10 points
    Chuva de frente fria avançando por BH após um dia de calor e pancadas isoladas, dando início a primavera. Não, pera...
  19. 10 points
    Quem te viu quem te vê em ECMWF? Você está irreconhecível!!!! 00z para do dia 14/04 para 24/04/2019 00z desta sexta para o mesmo dia
  20. 9 points
    Nova forte área de instabilidade volta a trazer temporais paraa Região Metropolitana de Porto Alegre. Alto índice de raios na região e registros de chuva torrencial. A Metsul Meteorologia, informou que essa mesma instabilidade trouxe fortes temporais localizados nachamada "região carbonifera", que inclui as cidades de Arroio dos Ratos, Barão do Triunfo, Butiá, Charqueadas, General Câmara, Minas Do Leão, São Jerônimo e Triunfo. A instabilidade passou forte também por áreas do Vale do Taquari. Mais cedo vi um comentário aqui no fórum de que esse início de Maio está com cara de Outubro, e realmente, está parecendo Outubro mesmo!!!! Esta é a segunda intensa instabilidade que estamos recebendo aqui na região em menos de 12h, algo mais comum em meses de primavera ou em períodos de tormenta mesclando ondas de calor. Após um Abril extremamente chuvoso, com quase 250mm na região metropolitana de POA, vamos ver o que Maio nos trás, mês que costuma ocorrer alguns períodos de chuva intensa, destaco o início de Maio de 2008 quando um forte ciclone extratropical nos atingiu causando chuva extrema.
  21. 9 points
    Exatamente. O que choca é que a atmosfera continua no padrão verão. Na semana passada, a cidade de São Paulo teve chuvas convectivas com trovoadas à tarde, típicas do verão. Trovoadas em maio e no inverno acontecem por aqui, mas na chegada de frentes frias bastante ativas, linhas de instabilidades, etc. Mas o que tivemos foi o padrão típico do verão, que já deveria ter cessado completamente. A maioria das estações do INMET no MT, GO, TO e norte e oeste de MG tiveram chuvas bem acima da média em abril. Inclusive São Paulo, Brasília, BH e Palmas-TO. Quando o normal é abril já dar uma boa secada em toda a região, com exceção apenas do litoral. Os níveis de umidade ainda continuam altos. O velho ditado paulista "abril, céu de anil" perdeu a validade em 2019.
  22. 9 points
    O mês por aqui: Na região: Resumo de 2019 até então, em casa: Abril foi um mês normal a levemente acima na temperatura (máximas na média, mínimas acima). A chuva ficou acima da média, fechando em 180,2mm (+3,2mm), sendo assim, o 4° mês chuvoso seguido.
  23. 9 points
    ABRIL 2019 - NOVA TRENTO/SC E REGIÃO
  24. 9 points
    Abril - Curitiba INMET (923 m): Média máxima: 25,1°C (1,1) Média mínima: 16,0°C (1,4) Precipitação: 115,4 mm (95,7 mm) Maior acumulado diário: 34,2 mm (07/04) Máxima absoluta: 28,9°C Mínima absoluta: 11,9°C Pode-se dizer que foi uma extensão do mês de Março, análogo a como foi 04/2016. Médias para Curitiba e Colombo: Máximas sub-20 em Curitiba: Mínimas sub-15 em Curitiba: Janeiro: 0 Janeiro: 0 Fevereiro: 3 Fevereiro: 0 Março: 1 Março: 5 Abril: 1 Abril: 10 No litoral, a dinâmica foi muito parecida, inclusive na precipitação, com valores próximos: No litoral foi um mês abafado permeado de três curtos períodos de frescor. Destaque para 29/04, quando Morretes registrou a menor máxima do estado (22,2°C). Analisando o gráfico diário da cidade, obtive a tendência das séries. A tendência das mínimas é estável, na contramão do esperado pro mês mais transicional do ano.
  25. 9 points
    Esse é um dos pontos de discórdia: aos olhos de um geólogo, por exemplo, o aquecimento atual é apenas parte da variabilidade climática natural conforme podemos ver no gráfico abaixo. Dependendo do recorte temporal que você fizer (o que pode ser considerado cherry picking), você tem aquecimento ou resfriamento. Se eu pegar os últimos 200 anos, temos um grande aquecimento mas se compararmos com o ápice do interglacial anterior (uns 150 mil anos atrás) estamos mais frios. Outro detalhe é a velocidade do processo e a causa: hoje o consenso seria de que nunca houve um aquecimento tão significativo em espaço curto de tempo como o atual sem explicação natural, ou seja, a causa seríamos nós! Enfim, não sei se esse é o tópico para discussão desse tema...
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.