Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Leaderboard


Popular Content

Showing content with the highest reputation since 09/20/19 in all areas

  1. 20 points
  2. 17 points
    Máxima sub-15 no INMET de Juiz de Fora: 14,4ºC às 00Z de hoje (máxima invertida).
  3. 17 points
    LEITURA DE AGORA A NOITE, ATUALIZOU A MÁXIMA PARA 39,2ºC. COM ISSO GOIÂNIA TEM UM NOVO RECORDE ABSOLUTO DE CALOR PARA SETEMBRO. O RECORDE ANTERIOR ERA 39,0ºC DE 17/09/2016.
  4. 16 points
    Temp. Minima absoluta capitais 2019: Curitiba/PR: -0.7° Porto Alegre/RS: 2.2° Florianópolis/SC: 4.5° Campo Grande/MS: 5.6° Goiânia/GO: 5.8° São Paulo/SP: 6.5° Belo Horizonte/MG: 7.3° Brasilia/DF: 8.5° Rio Branco/AC: 9.2° Cuiabá/MT: 10° Rio de Janeiro: 10.4° Porto Velho/RO: 13.1° Vitória/ES: 13.5° Teresina/PI: 16.7° Recife/RE: 16.8° Palmas/TO: 17.3° Maceió/AL: 17.5° Natal/RN: 18° João Pessoa/PB: 19° (2x) Fortaleza: 19.7° Belém/PA: 19.8° Aracaju/SE: 20° (7x) Salvador/BA: 20.4° São Luís/MA: 20.7° Boa Vista/RR: 20.8° Manaus/AM: 20.9° Macapá/AP: 21.5°
  5. 16 points
    A primavera chegou e a melhor parte do ano vai ficando pra trás. Já que daqui pra frente o assunto será calor, fiz um compilado de máximas absolutas esse ano de 2019 em todas as 27 capitais. Cuiabá/MT: 42.2° Palmas/TO: 41.7° Porto Velho/RO: 40.7° Rio de Janeiro: 40.4° Boa Vista/RR: 40.1° Florianópolis/SC: 40° Campo Grande/MS: 39.8° Goiânia/GO: 39.2° Teresina/PI: 38.9° Porto Alegre/RS: 38.5° Rio Branco/AC: 37.9° Vitória/ES: 37.6° Manaus/AM: 37.3° São Paulo: 35.9° (2x) Maceió/AL: 35.8° Belo Horizonte/MG: 35.5° Belém/PA: 35.4° Macapá/AP: 35.4° Curitiba/PR: 34.9° Brasilia/DF: 34.9° Recife/PE: 34.8° Salvador/BA: 34.5° Natal/RN: 34.4° São Luís/MA: 34.3° João Pessoa/PB: 33.8° Fortaleza/CE: 33.4° Aracaju/SE: 33°
  6. 16 points
    Dia lindo e agradável em Maringá como os setembro de outrora.. Mínima de 15.5 e máxima de 27.7 . Sensação de conforto térmico 100%. Vento gostoso o dia todo... Agora a noite o vento está friozinho... Linda Maringá: Nota na primeira foto que a represa do parque do Ingá está b abaixo do nível, aquela parte que forma uma "prainha" sempre tem água em condições normais.
  7. 15 points
    Como comentado, dia carrancudo, garoento e frio em Belo Horizonte, máximas entre 19,9C (Pampulha) e olhem isso: APENAS 15,9C DE MÁXIMA na zona sul da cidade! O fim de tarde é de chuva leve, 16°C na Pampulha e apenas 13°C nos bairros serranos (17:50). Que dia e que contraste com semana passada!!
  8. 15 points
    Máxima sub-20 hoje em BH. Minha estação não passou dos 19.2ºC.
  9. 15 points
  10. 14 points
    A tarde de hoje está sendo bem interessante aqui na região. No momento tem um Cb no sertão do PE, com raios (2ª imagem). No vale do Piancó (na PB) se registram chuvas com fraca a moderada intensidade. Imagem de satélite, das 1910 Z. Imagem do redemet, mostrando a atividade elétrica do Cb no PE. Imagem atual, da cidade de Piancó (PB), mostrando as pancadas de chuva. Choveu na cidade há alguns minutos (dá pra notar algumas poças de água pela rua).
  11. 14 points
    Previsão para os próximos dias em Curitiba é animador para quem não gosta de calor como eu.
  12. 14 points
    Dia com ocilação de 20-28° e 3,4mm de chuva, com a maioria vindo em uma pancada pelas 16:20 Apesar de não ter esquentado tanto no termômetro, o calor úmido foi bem desagradável, mas prefiro um dia como hoje do que um dia como segunda que estava seco, mas fez 38,5° Hoje pelas 6:30 Algumas flores bem "mais ou menos" dessa primavera que está chegando
  13. 13 points
    Boa noite à todos... Hoje foi outro dia sem acontecimentos climáticos importantes aki nas terras chatas do leste paranaense. Ocorreram chuviscos e alguma chuva fraca durante a madrugada, na vdd um respingo da forte instabilidade q atuou no norte do Estado. Variação térmica de 5,0°C. A circulação de ventos do leste continua "torturizando" e parece q nunca irá terminar... O final do dia, com Cirrus e algumas nuvens baixas 👇 Setembro é Setembro, com seus baixos e altos e não se espera outra coisa nas nossas latitudes desfavorecidas a não ser um contínuo vai-e-vem de mudanças q não levam à nada realmente proveitoso: uma hora está calor e calor demais, depois vem o frio e frio "demenos"... aí o calor retorna e o ciclo recomeça. Na primeira kinzena ocorreram mudanças significativas, sobretudo na variação térmica: entre os dias 4 e 6 as máximas foram as seguintes: 13,1/10,2/13,9. Esse 10,2°C de máxima no dia 5 foi surpreendente para o último mês com algumas características de inverno, em compensação, no dia 8 a máxima pulou para 31,3°C e aí teve início uma das ondas de calor mais extensas dos últimos anos (não é incomum a inexistência do número 30 relacionado à temperatura em Setembro). E foram 5 dias com máximas variando entre 31,1°C e 33,6°C. Insano foi experimentar esses quase 34°C do dia 12 e cair vertiginosamente para uma máxima de apenas 15,5°C no dia 13 (eu simplesmente não havia me preparado... não tem como se preparar para algo assim). Mais insano ainda foi a mudança ocorrida entre os dias 14 e 15, quando a máxima subiu 15°C em apenas 24h: de 15,4°C foi à 30,5°C, culminando com 32,7°C no dia 16 e despencando para 12,7°C no dia 21. Depois de tanta loucura, provavelmente os últimos dias do mês ficarão dentro de um padrão negativo, ao menos nas máximas. As últimas 5 estão bem abaixo da média mensal q situa-se na faixa dos 21,5°C: 12,7/14,6/12,0/16,0 e hoje 18,0°C. Setembro... Setembro... Te amo e te odeio...!
  14. 13 points
    Hoje a estação automática de Brasília registrou máxima de 34,9ºc (mesma máxima da convencional, que fica ao lado no mesmo terreno), igualando a temperatura máxima do dia 18/10/2015 como a segunda maior temperatura da história da estação, atrás dos 35,6ºc registrados no dia 28/10/2008 (recorde absoluto da capital federal). Estações particulares em Brasília registraram máximas ainda maiores entre 35,7ºc e 36,1ºc (o INMET fica numa área bem aberta e ventilada do Setor Sudoeste, com exposição excelente) Esta máxima de hoje também é o novo recorde para setembro na estação mais antiga do DF (na prática tão antiga quanto a cidade), superando os 34,5ºc registrados no dia 25/09/2015. Como já comentei, a estação convencional de Brasília registrou máximas superestimadas em 1/1,5ºc desde meados de 2015 até junho de 2017, o que ocasionou o registro de vários recordes falsos de calor (35,8 em 09/2015, 36,4ºc em 10/2015) que devem ser desconsiderados. Em 10/2008 a convencional ainda estava boa e registrou máxima de 35,8ºc no mesmo dia dos 35,6ºc da estação automática. Até então, Brasília nunca havia superado os 34,5ºc. No RJ o dia foi nublado e com temperatura em suave declínio, mas só choveu em regiões de encosta e nos locais elevados em geral (caso da Serra da Carioca), uma típica chuva orográfica que não conseguiu se espalhar para as terras baixas (21 das 33 estações do Alerta Rio não acusaram qualquer precipitação, enquanto o Alto da Boa Vista registrou 21 mm neste sábado alcançando os 177 mm no mês, valor que vai aumentar bastante ainda até o final da semana). Agora faz 22ºc em Niterói (onde não choveu e a máxima ficou pelos 24/25ºc), e amanhã há previsão de chuva fraca ocasional com temperaturas ainda mais amenas.
  15. 13 points
    Muito bom ver esses núcleos pipocando no MT, sul de GO, interior de SP e um pedaço do triângulo mineiro! Vai ajudar um pouco a apagar as labaredas que tomaram conta do interior do país.
  16. 13 points
    Só um rápido comentário sobre ar condicionado, que foi assunto aqui esta semana: Sou de São Paulo e quando eu era criança ar condicionado era só em lugares comerciais. Ao longo dos anos foi surgindo no metrô, no trem e nos ônibus. E agora, cada vez que vou, reparo como está aumentando a quantidade nas casas. Inclusive hoje mesmo instalaram dois lá em casa. Até mudei a frase quando me perguntam se o verão paulistano é parecido ao portenho. Antes dizia: "não, faz 30, 32 graus, chove quase toda tarde, refresca e as pessoas nem tem ar condicionado". Agora digo que faz 30, 32 gras, mas geralmente chove e refresca, mas o clima anda mudando e quase todo ano tem uma onda de calor (seca, nada a ver com a sauna daqui) que leva a temperatura a 35, 36 graus e que o povo começou a comprar ar. Triste reflexo de como nossa cidade, de clima quase sempre tao agradavel, tem esquentado.
  17. 12 points
    Lembra uma ZCAS... - Que possamos ter muitas imagens de satélite assim na primavera-verão !
  18. 12 points
    Uma vista curiosa para setembro: uma nuvem carregada. Ela está distante, ao sul da região metropolitana de Fortaleza.
  19. 12 points
    Era grande a expectativa que Goiânia batesse seu recorde de máxima histórica nessa onda de calor que assolou a cidade nos últimos dias. Mas isso não ocorreu, hoje a máxima ficou em 38.9º e a máxima absoluta do ano fica em 39.2º que ocorreu no meio na semana. A partir de agora, ao menos por hora não há previsão de temperaturas tão extremas. Lembrando que a marca absoluta de Goiânia é 40.4º.
  20. 12 points
    Hoje mesmo com céu com muitas nuvens, a máxima foi de 36,5°C. Creio que não se houvesse nuvens, recordes históricos seriam FACILMENTE batidos ontem e hoje. Maiores máximas em Setembro: 36,8°C (2003) 36,6°C (1997) 36,5°C (2019) 36,3°C (2015) 36,3°C (2019) A previsão do Europeu de 12z tá muito boa, coloca mais de 100mm entre 25 e 26 com sub-20 nos dois dias.
  21. 11 points
    Menor temperatura máxima registrada na capitais em 2019 até a presente data: Curitiba/PR: 10.1° Porto Alegre/RS: 10.7° São Paulo/SP: 12° Campo Grande/MS: 15.4° Florianópolis/SC: 15.4° Rio de Janeiro/RJ: 18.4° Belo Horizonte/MG: 20.5° Brasilia/DF: 21.8° Vitória/ES: 21.9° Cuiabá/MT: 22.7° Rio Branco/AC: 22.8° Goiânia/GO: 23.1° Palmas/TO: 24.6° São Luís/MA: 24.7° Salvador/BA: 24.7° Recife/PE: 24.8° João Pessoa/PB: 25° Aracaju/SE: 25.2° Macapá/AP: 25.6° Porto Velho: 25.9° Natal/RN: 26.2° Maceió/AL: 26.8° Belém/PA: 26.9° Fortaleza/CE: 26.9° Manaus/AM: 27° Boa Vista/RR: 27.4° Teresina/PI: 28.1°
  22. 11 points
    Em POA, 18 graus, mas parece muito menos. Um vento chato, gelado, que só serve pra incomodar. Muitas flores em árvores, jardins, surgindo até nas partes quebradas de calçadas e muros. Plantas parasitas em árvores com flores, bem como pitangueiras e cerejeiras, ipês de todas as cores, pata-de-vaca, cravo-do-Mato, trevos, absolutamente, tudo florido. Onde se vai em Porto Alegre se ouve o canto dos pássaros. Muitos e muitos. Parece até que se está no meio do mato, mas é em pleno meio urbano. Ambientes internos ainda um tanto gelados e com sensação de umidade (falsa, o tempo está seco). É difícil de acreditar que em janeiro estará tudo um forno insuportável.
  23. 11 points
    Olá à todos... A mudança na circulação dos ventos trouxe o pacote completo da chatice ao leste paranaense: até o momento, variação de 1,0°C neste sábado (11,7/12,7°C). Na região metropolitana de Curitiba as temperaturas nas mais variadas estações estão em torno dos 13°C e a chuva finalmente deu uma trégua: foram cerca de 100mm na capital (teve áreas de Cwb q receberam 130mm) e 150mm aki na vila nos últimos 3 dias, ou desde q a frente fria começou seus trabalhos por aki - já temos toda a água necessária para vivermos felizes até Novembro... "Feliz" não seria a palavra mais correta para definir o dia de hoje...👇 O frio deve se intensificar nas próximas horas e talvez tenhamos o menor registro do mês já dentro da Primavera astronômica, com algo em torno dos 5°C, mas como disse o @Felipe Backendorf , nada de nutrir grandes expectativas, principalmente pq a nebulosidade provavelmente irá persistir sobre as nossas regiões. Sobre o retorno das temperaturas altas, kem curtiu e aproveitou (como eu) o veranico da semana passada (ôpa, ainda é sábado 🙄... portanto, do final da semana passada e início desta) terá q esperar sabe-se lá até quando para reviver bons momentos: não vi nada confiável em termos de calor na previsão extendida. Na segunda-feira a máxima não deverá ultrapassar 12 ou 13°C e na terça algo em torno dos 14 ou 15°C com retorno de chuva (ainda não muito garantido). E vamos em frente...
  24. 11 points
  25. 11 points
    Distribuição das máximas absolutas anuais no Mirante. O total é maior do que o número de anos da abertura da estação (1945) porque há vários casos em que a mesma temperatura se repetiu 2 e até 3 vezes no mesmo ano, em meses diferentes. Outubro - 21 Janeiro - 17 Novembro - 14 Setembro - 11 Fevereiro - 10 Dezembro - 5 Março - 2 Agosto - 1 Essa de agosto é o recorde para o mês até hoje: 33,1°C em 31/08/1955. Porém, essa mesma temperatura também foi registrada em 19/01 e 30/09/1955.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.